PM conta como foi salvar criança

0
481
Bebê de oito meses foi socorrida pelos PMs. Foto: Arquivo Pessoal

Uma bebezinha de oito meses foi vítima de engasgamento na última sexta-feira, dia 15, e foi salva graças a agilidade do socorro da Polícia Militar (PM) de Vargem Grande do Sul.

De acordo com o informado pela PM, a equipe formada pelos cabos Olivério e Ricardo foi acionada via Copom para atender uma ocorrência por volta das 15h. A bebê estava engasgada com alimento à Rua Carlos R. M. da Silva, no Jardim Paraíso II.

No local, a equipe encontrou a mãe Amanda Helena Pereira com sua filha nos braços. A criança de oito meses estava com dificuldades para respirar e a mãe, que estava nervosa, entregou o bebê aos cuidados da equipe, que realizou a manobra Heimlich para liberar as suas vias respiratórias.

Em seguida, a equipe conduziu Amanda e sua filha Maria Clara até o Hospital de Caridade de Vargem. A criança passou por atendimento médico e foi liberada em excelente estado de saúde.

Atendimento

À Gazeta de Vargem Grande, o cabo militar Ricardo contou como foi participar da operação. “Foi uma sensação muito emocionante, sabendo que graças ao rápido atendimento e procedimentos correto realizado pela equipe, conseguimos salvar a vida da bebê. Após conduzirmos a bebê até o hospital, aguardamos o atendimento médico e ficamos muito felizes em saber que a bebê estava com a saúde em perfeitas condições”, relembrou.

“A mãe da bebê nos agradeceu muito, e isso não tem preço para nós, sabendo que fizemos o nosso dever, que é proteger e salvar vidas. Foi muito gratificante poder ter ajudado a salvar a vida da bebê e ver a família muito feliz por ela estar bem”, comemorou.

O policial militar ressaltou que quando acontecer estes casos, o primeiro procedimento a se fazer é solicitar socorro pelos números: 190 da Polícia Militar, 192 do SAMU ou 193 do Corpo de Bombeiros.

O segundo passo, segundo o PM Ricardo, é realizar a manobra de heimlich. Ele ensinou como realizar: É necessário sentar e colocar o bebê de barriga para baixo apoiado no antebraço, com a cabeça ligeiramente mais baixa que o corpo e apoiada na mão. O antebraço de quem está socorrendo deve estar apoiado na coxa.

Com a outra mão, deve bater cinco vezes nas costas da criança, entre as omoplatas. As pancadas devem ser firmes, mas não muito fortes. O próximo passo é virar o bebê de barriga para cima e observar se ele já está respirando. Se continuar engasgado, o procedimento deve ser repetido por mais três vezes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui