Prefeito torna área de utilidade pública para Centro de Zoonoses

1
844
A área pertence ao DER e está localizada logo depois do Distrito Industrial. Foto: Reportagem

Faixa vizinha à Fazenda Bisturi pertence ao DER e também é reivindicada pelos proprietários da fazenda

Foi publicado no dia 29 de novembro, no Diário Oficial do município, o Decreto nº 4.939 de autoria do prefeito Amarildo Duzi Moraes, declarando de utilidade pública para fins de desapropriação, por via amigável ou judicial, o imóvel rural identificado como “GLEBA A”, localizado na faixa direita da Rodovia SP-215, Km 37, sentido Casa Branca à Vargem Grande do Sul.

O imóvel é sem benfeitorias, todo fechado por cercas, de formato irregular, com área total de 46.005,652m² e segundo apurou o jornal, pertenceria ao DER. A faixa teria sido desapropriada pelo Departamento de Estrada de Rodagem quando da construção da rodovia que liga Vargem a Casa Branca.

Vizinho à fazenda Bisturi, pertencente à família do médico Antônio Carlos Ranzani, que confronta com a mesma, segundo apurou o jornal, durante muitos anos a área que mede aproximadamente dois alqueires foi utilizada como pastagens de gado e sua posse também estaria sendo reivindicada pela família.

Prefeitura não responde ao jornal

O jornal Gazeta de Vargem Grande enviou várias perguntas à Assessoria de Comunicação da prefeitura para poder melhor informar seus leitores a respeito do assunto. As perguntas foram enviadas por e-mail primeiramente no dia 2 de dezembro e depois no dia 12 de dezembro, mas passados mais de vinte dias, até o fechamento da presente edição, não obteve as respostas.

Ainda na sexta-feira, dia 27 de dezembro, novamente foi contatado a Assessoria de Comunicação, mas a funcionária municipal disse que enviou as perguntas aos departamentos e até aquele momento não obteve as respostas.

No texto enviado à Assessoria de Comunicação, pede-se informações sobre a publicação do decreto para implantação do Centro de Zoonozes e Canil Municipal e que o jornal Gazeta de Vargem Grande gostaria de saber: Qual o tamanho da área; A quem pertence a mesma; Qual o próximo passo a ser tomado pelo Executivo; Se há uma estimativa do valor da área; Quando efetivamente se dará a desapropriação; Se os proprietários já se manifestaram sobre o ato do Executivo.

Com relação à implantação do Centro de Zoonozes, o jornal afirma que necessita saber para informar aos leitores do jornal, quais os passos que esta prefeitura deu em relação à construção do centro.

As perguntas foram: se a construção do mesmo consta em orçamento; Qual o valor que será destinado ao mesmo; Se já existe projeto arquitetônico para sua construção; Quais as suas dimensões; Qual a capacidade que o mesmo terá para abrigar os animais; Qual a previsão para o início das obras; Qual a previsão para seu término?

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui