Turismo e Cultura

0
333
Caminhada de 1º de maio não serrá realizada neste ano

Falar de cultura no município, é trazer à tona as notícias relacionadas ao departamento municipal sob a direção da professora Márcia Iared. A maioria dos acontecimentos envolvem o departamento e sua equipe de colaboradores, com destaque para a Festa das Nações, a Festa do Milho, a Parada de Natal, Desfile do Aniversário da Cidade, Romaria dos Cavaleiros de Sant’Ana, dentre outras manifestações culturais e turísticas da cidade.

Espaço permanente da Exposição do Cangaceiro foi inaugurado

Destacamos a notícia acima por se tratar de uma novidade que foge das tradicionais festas oficiais do município. A inauguração do espaço permanente para a Exposição do Cangaceiro aconteceu no dia 30 de agosto pelo Departamento de Cultura e Turismo. A mostra apresenta diversas fotos, roupas, acessórios, maquetes, pinturas e objetos relacionados as gravações do filme que aconteceu em Vargem Grande do Sul e conquistou as telas do mundo todo. A cerimônia aconteceu na Biblioteca Municipal Victor Lima Barreto e foi conduzida pela diretora do Departamento de Cultura e Turismo, Márcia Ribeiro Iared, que abriu a exposição falando sobre o escritor e diretor Lima Barreto, sua vida e a importância na literatura Brasileira. Ela contou um pouco sobre as gravações do filme, os locais onde foram realizados e a grande repercussão que houve na época, mobilizando toda a cidade que praticamente parava nos dias das gravações. “O filme foi exibido dezenas de vezes, pois todos iam assistir várias vezes para ver se identificava alguém conhecido”, contou Márcia.

Cerimônia reuniu publico de cerca de 300 pessoas. Foto: Prefeitura

Mapa Cultural foi entregue em evento pelo projeto “Trilhas Culturais”

Também um projeto diferenciado para o setor cultural, foi a oficialização do Projeto “Trilhas Culturais”, realizado pela equipe do Projeto Guri (Sustenidos Organização Social), através de levantamento e cadastramento de artistas de várias áreas que atuam em nosso município, realizado no dia 27 de novembro, no Centro Pastoral São Benedito.

Após o levantamento das informações e digitalização do cadastro, foi feito um mapa físico onde se pode visualizar os bairros das cidades e quais expressões artísticas se encontram em cada um deles. O trabalho foi realizado em parceria com o Departamento de Cultura e Turismo, voluntários e comerciantes da cidade. A diretora de Cultura, Márcia Iared, falou sobre a proposta do Projeto Guri, especialmente o de Vargem, que sempre teve uma parceria com a Prefeitura Municipal, destacou o histórico prédio da antiga Sociedade Espanhola, que abriga 360 crianças aprendendo música. “Este é um dia muito especial, porque a gente está tratando de uma coisa chamada talento. E quantos nós descobrimos neste Projeto, que se não fosse o projeto Guri jamais seriam revelados”, disse.

A importância da Via Crucis

Outra matéria interessante publicada pelo jornal Gazeta de Vargem Grande em maio de 2019, retratou a 2ª Caminhada da Via Crucis no Caminho da Fé. A matéria fala que o acontecimento abre uma perspectiva interessante para o município de Vargem Grande do Sul e deve ser olhada além da parte religiosa, embora esta seja sua finalidade maior. O turismo religioso é um segmento de mercado em crescimento e pode contribuir com o desenvolvimento econômico da cidade, tão carente de geração de empregos e rendas. A Via Crucis construída na Estrada do Barro Preto foi uma obra que envolveu a Comissão criada para a sua construção, com apoio do Departamento Municipal de Cultura e Turismo, e tornou-se uma realidade no ano passado, quando foi inaugurada. Nesta sua segunda edição, o evento mostrou todo o potencial que possui ao atrair mais de 1.600 pessoas não só de Vargem, mas também de várias cidades da região. Um fator importante a ser considerado é a recente beatificação de Padre Donizetti, que tem uma importante relação de sua vida religiosa com Vargem Grande do Sul. Embora seus atribuídos milagres aconteceram quando daqui saiu para assumir a paróquia de Tambaú, sua passagem pelo município merece ser estudada a fundo, pois certamente contribuiu para moldar a sua pessoa, a sua preocupação com os mais pobres e desamparados, tornando-o o santo que a igreja católica está a confirmar. Desenvolver o turismo religioso é um trabalho a longo prazo, que merece os devidos investimentos, inclusive por parte da prefeitura e dos que poderão a longo prazo vir a se beneficiar dos seus resultados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui