Asfaltamento no antigo distrito industrial está parado

0
208
As chuvas estão carregando o cascalho, o que gera prejuízo

Há meses as obras de asfaltamento que a prefeitura municipal iniciou no Distrito Industrial Nestor Bolonha, primeiro distrito industrial de Vargem Grande do Sul, localizado na Rua Centenário, estão paralisadas, gerando queixas junto aos proprietários das empresas existentes no local.

Em 2019, a Prefeitura Municipal, através de uma operação de crédito havia viabilizado os recursos para a construção das galerias de águas pluviais e pavimentação das ruas no local.

O asfaltamento destas ruas é uma antiga reivindicação dos proprietários, pois desde a concepção do primeiro distrito industrial da cidade, na década de 70, elas não receberam este benefício, com as ruas de terra provocando desconforto para quem trabalha e passa pelo local, principalmente para os moradores do Jardim Dolores, que sofrem com poeira e lama há anos e reivindicam a pavimentação da área.

Em maio e em junho de 2019, o prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) fez postagens em sua página da rede social Facebook que confirmam que o intuito da operação de crédito era pavimentar todas as ruas do antigo distrito após a construção das galerias.

Feito parte das obras, as ruas receberam inclusive os trabalhos de nivelamento e cascalhamento que antecedem a pavimentação asfáltica, mas a empresa que realizava as obras paralisou os trabalhos há alguns meses.

Com as chuvas que vem acontecendo em bastante quantidade nos últimos meses, o trabalho de cascalhamento vem sofrendo danos, com parte do material sendo carregado pelas enxurradas.

A Gazeta de Vargem Grande contatou a prefeitura no dia 15 de janeiro para saber dados sobre a contratação da empresa responsável pela pavimentação, o porquê da  obra estar paralisada e qual a previsão de reinício e conclusão da pavimentação do local. No entanto, mesmo após diversas cobranças, até o fechamento desta edição, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal não retornou ao jornal.

Fotos: Reportagem

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui