Painel

0
906
Eleições 2020?

Seguindo o protocolo
Tão logo recebeu a informação da vigilância de São João da Boa Vista confirmando o primeiro paciente positivo do coronavírus em Vargem, o prefeito Amarildo tornou pública a situação na rede social. Estava cumprindo o que havia sido acordado inclusive com a Promotoria de Justiça da cidade de ser o mais transparente em tudo relacionado com a epidemia.

Precaução
O e-mail contendo o nome do paciente veio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde-CIEVS do Ceará e continha os casos confirmados de covid-19 de residentes no estado de São Paulo no dia 25 de março. Para evitar problemas como o da divulgação feita e cujo paciente negou que tivesse sido feito o teste, o prefeito solicitou que fosse criada uma comissão para analisar todos os casos tidos como positivos para depois serem divulgados.

Segunda-feira acaba mistério
Durante reunião dos vereadores a ser realizada nesta segunda-feira, às 17h, deve chegar ao fim o mistério do parecer do procurador jurídico sobre o projeto proposto pelo vereador Zé Luís da Prefeitura (CIDADANIA) que reduz o subsídio dos vereadores do próximo mandato para um salário mínimo.

Mais de 50 dias
Protocolado na Câmara em 6 de fevereiro, já se passaram de 50 dias a retenção do projeto que ficou todo este tempo junto ao presidente do Legislativo, vereador Paulinho da Prefeitura-PSB que alegou estar dentro do prazo para analisar a questão, de acordo com o Regimento Interno e a Lei Orgânica.

Passa ou não passa
A questão primeiramente é saber qual o parecer do procurador, se o projeto proposto é constitucional ou não. Se for, a Mesa da Câmara com a aprovação de seus membros poderá propor que o mesmo vá para votação junto aos vereadores na próxima sessão de Câmara.
Para ser aprovado, precisa dos votos da maioria simples, com votação simbólica, sendo neste caso necessário o voto de sete vereadores para o projeto passar a valer. Se o parecer indicar que o projeto é inconstitucional, ele deverá ser arquivado.

Investida
Enquanto o prefeito Amarildo se vê tomado com os problemas do coronavírus na cidade, o ex-prefeito Rossi investe na sua pretensão em disputar a eleição para prefeito em outubro. Já conseguiu atrair o vereador Bertoletti que era do partido do prefeito, o PSDB, para seu lado e tem investido em outros vereadores, acenando, segundo os bastidores políticos, com a possibilidade de um deles ser seu candidato a vice.

Eleições em outubro?
A epidemia do coronavírus está tão séria que já tem gente no Congresso e também no Palácio do Planalto propondo que as eleições municipais de outubro sejam canceladas e só voltem a ser discutidas depois que tudo passar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui