Ação da PM leva à apreensão de armas

0
514
Vendedor da arma era de São João e também foi preso. Foto: Policia Militar

Durante o patrulhamento na segunda-feira, dia 8, a equipe da Polícia Militar composta pelo cabo Thomaz e pelo soldado Amauri, apreendeu um revólver e na sequência, também foi preso quem vendeu a arma. Ainda foi apreendida uma espingarda de chumbinho.
No Jardim Paulista, a equipe se deparou com dois rapazes em uma Honda Biz, que ao perceberem a presença policial demonstraram nervosismo. Foi dado ordem de parada através de sinais sonoros e luminosos, mas os jovens tentaram escapar, iniciando um breve acompanhamento.
A dupla foi parada cerca de 300 metros depois. Com o condutor, que era menor de 18 anos, nada de ilícito foi localizado. No entanto, com o passageiro, foi localizado em sua cintura uma arma de fogo sem munição calibre 32 com numeração suprimida.
Durante a entrevista policial, ouvidos separadamente, ambos informaram que são irmãos e que haviam acabado de adquirir a arma de um casal de São João da Boa Vista, que estaria em uma motocicleta prata.
Eles disseram ainda que não conheciam o casal e que a negociação da arma foi feita através de um grupo de WhatsApp. Contaram ainda que pagaram pelo armamento a quantia de R$ 250,00 em dinheiro, dando também uma espingarda de chumbinho.
A equipe repassou as informações ao Copom, sendo organizado um cerco policial, pois provavelmente o casal estaria retornando para São João.
As viaturas de Vargem e São João apoiaram no cerco policial, momento em que a equipe do comando de força patrulha abordou o casal na motocicleta Honda CG 160 prata, ainda pela rodovia, mas já no município vizinho.
Imediatamente todas as equipes foram até o local da abordagem, onde foi constatado que o condutor da moto tinha como passageira sua esposa. Com ele, nada de ilícito foi localizado, porém a mulher na garupa carregava a espingarda de chumbinho e R$250,00 em dinheiro, fruto da venda da arma para os irmãos.
Realizada a entrevista policial com o casal de forma separada, ambos contaram que moram em São João e que encontraram a arma em um terreno baldio. Eles disseram que negociaram a venda dela em um grupo de WhatsApp, levando o armamento até Vargem para os irmãos, recebendo pela venda da arma a espingarda de chumbinho e os R$250,00.
A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de São João, onde o delegado de plantão ratificou a voz de prisão em flagrante delito ao homem que portava arma de fogo e ao que realizou a venda da arma. A mulher e o adolescente foram liberados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui