Roubos a famílias de Vargem deixam moradores em alerta

0
198

Vargengrandenses estão preocupados com a onda de roubos na cidade ocorrida neste mês de junho. Ao menos quatro famílias foram vítimas dos criminosos que atacaram em duas sextas-feiras. A Polícia Civil já investiga os casos e a Polícia Militar tem intensificado as rondas pela cidade.
O primeiro crime foi registrado na noite de 5 de junho. Por volta das 20h, três homens pularam o muro que dá acesso ao Jardim Itália e invadiram uma casa onde estava um casal e seus filhos.
Um casal vizinho com suas crianças também foi rendido. Duas outras pessoas que estavam na rua passeando com um cachorro nesse momento também foram abordadas pelos criminosos. Todas as vítimas foram mantidas em um dos cômodos da primeira casa.
Eles roubaram os pertences das duas casas e fugiram com o carro da primeira família, que foi encontrado abandonado no mesmo dia.
No dia 19, criminosos fizeram novas vítimas. A primeira casa abordada foi no Jardim Pacaembu, onde um casal foi rendido e teve vários pertences roubados. A residência foi invadida por três homens que ocultavam seus rostos com máscaras e gorros. Um quarto criminoso entrou posteriormente. Eles fugiram levando a caminhonete da vítima e também usando um Honda Civic branco, onde provavelmente estava mais um bandido.
Em seguida, dois integrantes do grupo abordaram um morador que estava aguardando o portão de sua garagem abrir para entrar com o veículo. A vítima reagiu e foi agredida pelos criminosos, que fugiram sem levar os pertences do morador.

Investigações
O delegado Antônio Carlos Pereira Júnior ressaltou à Gazeta que nos dois dias a Polícia Civil iniciou as investigações rapidamente. No roubo ocorrido no Jardim Itália, foi localizado o celular de uma das vítimas em Mogi Guaçu. De acordo com o delegado, há suspeita de que o grupo que atuou nos dois dias na cidade seja o mesmo e também existe a possibilidade de se tratarem de criminosos de outro município.
Segundo o delegado, as investigações estão avançando e espera que se chegue a autoria dos crimes. No entanto, ele ressalta que existe também a possibilidade do grupo voltar a atacar a cidade e ressaltou a importância dos moradores adotarem medidas de segurança, como antes de ingressar com o carro na garagem, verificar se há suspeitos na rua e procurar entrar o mais rápido possível na residência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui