Ações realizadas pelo sindicato atendem produtores

0
216
Em 2011, leilão do Sindicato atraiu produtores de Vargem e toda região

Na entrevista concedida à Gazeta de Vargem Grande nesta semana, o senhor João Batista Machado do Amaral avalia que hoje, o papel do sindicato com as novas legislações está principalmente na prestação de alguns serviços aos seus filiados, em torno de 40, principalmente no que se refere à obrigatoriedade de registro de empregados rurais.
Neste quesito, o sr. João Batista afirma que o sindicato patronal tem um ótimo relacionamento com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, cada um respeitando e lutando pelos seus interesses. Houve tempos em que houve mais embate entre os trabalhadores rurais e os proprietários de terras. “Atualmente, com a reforma trabalhista realizada na gestão do ex-presidente Michel Temer, o relacionamento melhorou ainda mais”, afirmou.
Ele admite que de maneira geral, os sindicatos já tiveram um papel mais expressivo na sociedade brasileira, mas ressalta que é fundamental a associação dos produtores rurais e que por ser o sindicato local vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), os produtores de Vargem têm uma boa orientação nas áreas agrícolas e também jurídicas. Indagado sobre a situação da Casa da Agricultura do município que se encontra fechada, disse que a mesma já prestou um grande serviço aos agricultores de Vargem e que ela ainda é muito importante e deveria retomar suas atividades, principalmente por ajudar o pequeno agricultor.
Sobre as atividades agrícolas do município, disse que vê com bons olhos a diversificação da cultura local, principalmente com o desenvolvimento na área da batata, que culminou com a criação da Associação dos Bataticultores e depois a Cooperbatata, conhecida nacionalmente e que hoje é um esteio para os produtores, que tem acesso a produtos como sementes e insumos, além da orientação de técnicos que só fazem avançar a bataticultura no município e contribui grandemente para o seu desenvolvimento econômico.
O senhor João Batista ressalta que antigamente praticamente tudo girava em torno do café e hoje planta-se soja, milho, cana-de-açúcar. Lembrou que com a vinda da antiga Dedini, hoje Abengoa, houve uma contribuição muito grande para Vargem, gerando empregos e renda para os produtores.
Falando sobre a importância do setor agropecuário para o Brasil, foi categórico ao afirmar que o país é uma liderança no mundo nesta área e que nos dias atuais, com o advento da pandemia da Covid-19, quem está sustentando o Brasil, gerando divisas e também empregos, é a agricultura.
Uma conversa boa e proveitosa, com o presidente do sindicato se mostrando uma pessoa modesta e tranquila nas suas ponderações. Falou do bom convívio que sempre teve na presidência com os muitos prefeitos que viu passar pela prefeitura e também falou da sua sucessão no Sindicato Rural Patronal.
“É necessário que novas lideranças surjam, tragam novas ideias, novos conceitos. O sindicato é importante para os produtores rurais, mas também cumpre significativo papel na sociedade vargengrandense, é um patrimônio nosso e devemos renová-lo para que continue contribuindo com o desenvolvimento de nossa agricultura”, disse no final da entrevista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui