Clubes de Vargem foram impactados pela pandemia e retomam atividades

0
266
Atividades na academia do Tênis Clube retornaram na quarta

Além de academias e restaurantes particulares, outros estabelecimentos em Vargem que também foram duramente atingidos pela quarentena em prevenção à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), foram os clubes da cidade.
A Sociedade Beneficente Brasileira (SBB), que tem mais de 100 anos, e o Tênis Clube, que tem quase 80 anos, são os clubes mais tradicionais de Vargem. Ambos contam com academia e restaurante no quadro de atividades oferecidas e foram impactados neste período que ficaram sem exercer as atividades.
A Gazeta de Vargem Grande contatou a administração dos dois clubes para saber como enfrentaram esse período e como se prepararam para a retomada das atividades. Márcia Cavalheiro, diretora social da SBB, contou que quando o comércio foi fechado, no final de março, cerca de 40% dos associados deixaram de contribuir mensalmente com o clube.
No entanto, ela explicou que a atual diretoria, que está desde 2009, trabalha com uma reserva para qualquer eventualidade como a pandemia, e, portanto, segundo ela, foi possível cumprir com todas as obrigações do clube. A diretora informou que foi feito um desconto de 20% da mensalidade aos associados, o que ajudou a cumprir com os compromissos.
“Durante o período fechado, nossos professores continuaram passando orientação aos alunos que quiseram treinar em casa. Foi dado suporte necessário para que ninguém ficasse parado”, disse.
Márcia contou que quando Vargem passou para a fase amarela, todos no grupo ficaram bem felizes em poder estar voltando. “Foi realizada uma pesquisa pelo WhatsApp com os associados com várias perguntas e a partir daí foi organizada uma planilha de horários agendados”, explicou.
A diretora social pontuou que todas as normas de segurança e higiene foram tomadas e que o clube reabriu na segunda-feira, dia 17, com número limitado de pessoas por horário. “Disponibilizamos álcool 70% para limpeza dos aparelhos antes e após o uso, álcool gel para os alunos, toalhas de papel. O uso de máscara é obrigatório o tempo todo, os planos de treinos são passados por WhatsApp para não ter nenhum contato físico”, disse.
De acordo com Márcia, a procura por alunos foi grande e o clube está conseguindo atender todos com agendamento. “Essa semana está sendo uma experiência dessa nova fase, tudo será uma adaptação às novas regras. O importante é nos preocuparmos com a saúde de todos e encontrar sempre a melhor maneira de trabalharmos”, completou.
Em relação ao bar, ela contou que ainda continua fechado, pois foi liberado somente restaurantes no horário das 11h às 17h e o funcionamento da SBB era noturno, não fazendo parte do autorizado decreto.

Tênis Clube
O retorno das atividades na academia do Tênis Clube aconteceu na quarta-feira, dia 19. Carlos Tapis, presidente do clube, pontuou que no período sem atividades, a administração manteve a manutenção do clube, piscinas e quadras de tênis, deixando em condições para a reabertura, aguardando as decisões das autoridades municipais para a retomada.
Ele comentou que não foi possível conservar 100% o quadro de associados. “Houve uma redução de cerca de 40% no quadro de sócios, mesmo concedendo descontos de 30% nas mensalidades. A principal dificuldade do período de paralisação foi manter a renda dos funcionários”, disse.
Até o momento, o único setor que reabriu foi a academia. De acordo com Carlos, a procura dos alunos está dentro dos padrões que o clube comporta, sendo um total de 30% da capacidade.
Ele falou ainda sobre o restaurante e demais serviços oferecidos pelo clube. “Com relação ao restaurante não foi reaberto e não temos uma data para reabertura. A academia foi reaberta na quarta-feira, dia 19”, ressaltou. Ele comentou ainda que a quadra de tênis também foi liberada, uma vez que se trata de um esporte que não possui contato, nem proximidade entre os competidores.
Carlos também explicou que na academia há uma limitação de alunos por horário e que cada um pode permanecer no local por apenas 50 minutos, sendo obrigatório o uso de máscara. É obrigatório ainda, que cada associado leve garrafa para consumo de água e toalha higiênica e fica proibida a entrada de objetos pessoais no local.
Os agendamentos devem ser feitos somente pelo telefone (19) 3641-2023, na segunda-feira, das 15h às 20h, de terça a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 19h, e no sábado das 8h às 11h.
Os horários disponíveis para os associados fazerem academia é de segunda-feira, das 15h às 21h, de terça a quinta-feira, das 6h às 11h e das 15h às 21h, sexta-feira, das 6h às 11h e das 14h às 19h, e de sábado das 8h às 11h. De acordo com o informado, das 11h às 15h é restrito para limpeza do local.

Fase laranja
Após dias da reabertura das academias dos clubes da cidade, o governo do Estado reclassificou em 21 de agosto, a região de Vargem Grande do Sul na fase laranja do Plano São Paulo. Já na quarta-feira, dia 26, o prefeito Amarildo Duzi Moraes publicou o decreto que regulamentava o funcionamento de restaurantes, academias e clubes, que estavam com as atividades em suspenso.
Márcia, da SBB, e Carlos, do Tênis Clube, celebraram o decreto que autoriza a retomada dos clubes sociais, seguindo uma série de medidas de restrição e controle. A diretora social da SBB comentou que na segunda-feira, dia 24, todos estavam apreensivos em relação a reabertura, aguardando o decreto oficial, que aconteceu no meio da semana.
“Já estávamos com número bem reduzido de alunos é só com hora marcada e com todos os cuidados e continuamos abertos aguardando o novo decreto”, disse.
Carlos, presidente do Tênis Clube, falou sobre a redução da capacidade de atendimento para 10%. Ele contou que esperava que o prefeito decretasse ou o fechamento total novamente ou que mantivesse o disposto no decreto anterior.
“Como foi feito, ele optou por um meio termo. Achei de muito bom senso a decisão do prefeito Amarildo, devido à regressão de fase da nossa região”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui