Novo delegado seccional fala à Gazeta sobre projetos e desafios da Polícia Civil na região

0
349
Delegado seccional Luís Carlos Duarte assumiu no dia 3 de agosto. Foto: Reprodução Internet

A Delegacia Seccional de São João da Boa Vista, que engloba Vargem Grande do Sul e municípios da região como São Sebastião da Grama, Divinolândia, Aguaí, Águas da Prata, Espírito Santo do Pinhal e Santo Antônio do Jardim, está sob novo comando desde o dia 3 de agosto. O então delegado seccional Paulo Cezar Junqueira Hadich foi designado para Rio Claro (SP). Em seu lugar, assumiu o delegado Luís Carlos Duarte, que era responsável pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí, onde também foi delegado assistente da Seccional.
A solenidade de transferência de cargo ocorreu em uma cerimônia fechada, com a presença do diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter-9), Kleber Altale, e delegados da região. Em entrevista à Gazeta de Vargem Grande, o novo delegado seccional falou sobre desafios e projetos.
Ele comentou que desde que assumiu, procurou visitar as unidades para conhecer o trabalho desenvolvido. “Assumi a Delegacia Seccional de Polícia no último dia 3 de agosto, e neste primeiro momento estou visitando todas as nossas Unidades Policiais, exatamente para verificar o trabalho desenvolvido por elas, as necessidades e problemas locais”, afirmou.
O delegado disse que já pode identificar alguns desafios. “Em linhas gerais, verifiquei a precariedade de alguns prédios em que estão abrigadas algumas das Delegacias de Polícia da nossa região, e o desafio será melhorar as condições de trabalho e de atendimento às pessoas em geral que procuram por essas Unidades, promovendo eventuais reparos, reformas e talvez até construção de prédios novos. O grande desafio é o momento de pandemia em que vivemos, com a diminuição expressiva na arrecadação de impostos, o que pode implicar em dificuldades para a obtenção das verbas necessárias”, avaliou dr. Luís Carlos.
Ele ainda analisou a área da Seccional e os crimes que mais acontecem. “A região de São João da Boa Vista é bastante importante dentro do Estado de São Paulo, e as estatísticas demonstram que se trata de uma área com baixa criminalidade, fruto do trabalho daqueles que me antecederam. Os principais crimes aqui ocorridos, como na maioria das regiões, são os furtos em geral e o tráfico de drogas”, disse.

Vargem
Sobre o trabalho desenvolvido pela Polícia Civil de Vargem Grande do Sul, ele elogiou as ações desenvolvidas no município. “O trabalho desenvolvido pela Polícia Civil de Vargem Grande do Sul, sob o comando do Dr. Antônio Carlos, é de excelente qualidade, motivo pelo qual apresenta uma estatística bastante positiva”, afirmou.
A Gazeta questionou também a respeito da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), de Vargem, que está sem imóvel desde o final do ano passado. “Quanto ao fato da Delegacia de Polícia do Município estar abrigando também a Delegacia de Defesa da Mulher, trata-se de uma reengenharia visando uma estrutura mais enxuta e com possibilidade de atender melhor à população, posto que a Polícia Civil passou por períodos com poucos concursos públicos, além da precoce aposentação de policiais em razão das mudanças que estavam sendo implementadas na Previdência. Apesar disso, os casos de competência da Delegacia de Defesa da Mulher recebem um atendimento diferenciado, em salas próprias, garantindo a privacidade e a segurança das mulheres que ali comparecem”, explicou.
A reportagem também perguntou sobre a possibilidade da vinda de mais um delegado para Vargem. “Existe um concurso público de Delegados de Polícia em andamento na Academia de Polícia e esperamos com isso recompor as perdas ocorridas em nossa região, sendo que já estamos recebendo novos escrivães”, informou o Dr. Luís Carlos Duarte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui