Amarildo e Rossi vão disputar a prefeitura de Vargem Grande

0
730

O prazo para as convenções partidárias se encerraram no dia 16 e as agremiações políticas de Vargem já definiram seus candidatos que vão disputar as eleições municipais de 15 de novembro. O PSD confirmou o nome do ex-prefeito José Carlos Rossi, que vai para a disputa com o empresário Eduardo Taú (PSD) como vice. O prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) vai buscar a reeleição e terá como vice, o ex-prefeito Celso Ribeiro, do Podemos.
Os partidos também definiram os nomes e números de todos os candidatos a vereador. Todas as candidaturas foram submetidas à Justiça Eleitoral, que ainda irá homologar os que estão aptos a disputarem os votos dos mais de 31 mil eleitores vargengrandenses.

Rossi e Eduardo

Rossi e Eduardo Taú formam a chapa do PSD. Foto: Divulgação

O Partido Social Democrático (PSD) de Vargem Grande do Sul realizou sua convenção partidária no sábado, dia 12, na Câmara Municipal. O partido definiu o nome de Rossi e ainda apontou como candidato a vice-prefeito, o empresário Eduardo Gonçalves Taú.
Ainda na Câmara Municipal, foram realizadas as convenções do Partido Progressista (PP) e do Avante. As duas legendas confirmaram apoio à candidatura de Rossi e Eduardo.
De família conhecida em Vargem, Eduardo desponta agora como político. Para apresentar o vice, Rossi divulgou um vídeo em suas redes sociais. “Conheço o Eduardo de pequeno, ele era amigo do meu filho”, lembrou o ex-prefeito. “É um homem íntegro, lutador, guerreiro. Escolhi não pela sua popularidade, mas sim pela sua integridade moral, pelo o que ele é”, afirmou Rossi
O ex-prefeito disse ainda que não faltaram candidatos a vice para apoiar sua candidatura. “Pessoas populares que me procuraram para ser vice, pessoas conhecidas. Mas o Eduardo foi escolhido pela sua moral. Homem íntegro, digno, pai de família. Um comerciante, industrial de nome na praça”, ressaltou.
Em seguida, Eduardo contou um pouco sobre sua trajetória. Ele nasceu em São Paulo, mas sua família se mudou para Vargem quando ele ainda era pequeno. Seu pai era policial militar e a mãe teve durante muitos anos uma lanchonete na Praça da Matriz. “Tudo o que aprendi desde garotinho, tudo que construí, tudo que conquistei está em Vargem. Vargem é minha casa”, ressaltou.

Amarildo e Celso Ribeiro confirmam coligação

Amarildo e Celso Ribeiro confirmaram coligação no dia 16. Foto: Divulgação

O PSDB de Vargem lançou o atual prefeito Amarildo Duzi Moraes para concorrer a reeleição em convenção realizada na semana retrasada. Houve no entanto uma grande expectativa sobre quem seria o vice do atual chefe do Executivo. Os vereadores Alex Mineli (Republicanos), Zé Luís da Prefeitura (Cidadania) e Guilherme Nicolau (MDB) colocaram seus nomes na disputa. Mas o acordo foi firmado com o ex-prefeito Celso Ribeiro (Podemos) na noite da quarta-feira.
O nome de Ribeiro, presidente do Podemos, sempre esteve ligado a uma possível composição com os tucanos. Porém, o ex-prefeito chegou a anunciar em entrevista à Gazeta de Vargem Grande, que iria se colocar como pré-candidato à prefeitura na convenção da legenda.
Apesar do estremecimento ocorrido logo após a entrevista, nos últimos dias os dois políticos e seus articuladores retomaram as negociações, que resultaram no anúncio da coligação.

PSDB
O vereador Canarinho, presidente do PSDB de Vargem, se manifestou sobre a composição. “Celso pensou em ser candidato a prefeito porém, depois de algumas tratativas, colocou a cidade em primeiro lugar. Chega para somar na candidatura do prefeito Amarildo. Celso foi duas vezes prefeito, tem muita experiência e vontade de trabalhar pelo nosso município. Amarildo por sua vez, eleito prefeito por duas vezes e vai concorrer à reeleição”, disse.
“Agradeço também a todos os partidos que nos apoiam e indicaram pré-candidatos a vice-prefeito. O PSDB de Vargem está convicto de que está foi a melhor escolha para a coligação, e principalmente para o nosso município. Estamos muito confiantes para as eleições do dia 15 de novembro”, afirmou em suas redes sociais.

Cidadania
O Cidadania, antigo PPS, que havia indicado o vereador Zé Luís, também como possível candidato a vice, realizou sua convenção recentemente e declarou apoio a Amarildo. “Para manter essa parceria entre o Cidadania e o PSDB, que tem gerado bons frutos a Vargem Grande e sua população”, afirmou Zé Luís. A legenda terá oito pré-candidatos a vereador, sendo cinco homens e três mulheres, para disputarem a Câmara.

Democratas
Outro partido que apoia Amarildo e Ribeiro é o Democratas, presidido por Juliano Scacabarozi. A legenda terá 16 pré-candidatos a vereador, sendo 11 homens (entre eles o vereador Wilsinho Fermoselli) e cinco mulheres.

Patriotas
Presidido por Rosângela Barion, o Patriotas apoiará a os nomes de Amarildo e Celso Ribeiro. No entanto, não terá candidatos a vereador.

Republicanos
Em entrevista à Gazeta, o vereador Alex Mineli, presidente do Republicanos, informou que a legenda firmou coligação com o PSDB e vai apoiar Amarildo e Celso Ribeiro. O Republicanos, que além de Alex tem o vereador Fernando Corretor na Câmara, vai disputar as cadeiras no Legislativo com 18 pré-candidatos, sendo 12 homens e 6 mulheres.

PSB decide por não apoiar candidatos ao Executivo

Zé da Kibon e vereador Célio durante a convenção

O Partido Socialista Brasileiro fez sua convenção no domingo, dia 13. A legenda é presidida por José Ricardo Buozi, o Zé da Kibon, ex-vice-prefeito, e tem no Legislativo o atual presidente da Câmara, Paulinho da Prefeitura, além de Célio Santa Maria. Na convenção, os candidatos decidiram que não irão apoiar nenhum dos candidatos a prefeito.
“Como presidente do partido, sempre agi democraticamente. Foi colocado em discussão o apoio nessas eleições e dos 15 pré-candidatos a vereador, 13 foram favoráveis a sair independentemente”, explicou Zé da Kibon. Assim, sem apoiar nenhum candidato a prefeito, a legenda terá 15 pré-candidatos a vereador, sendo 10 homens e 5 mulheres.

PT de Vargem não participará das eleições neste ano

O Partido dos Trabalhadores, uma das mais importantes legendas do cenário político nacional, não irá participar das eleições deste ano. A convenção do PT foi na noite de segunda-feira, na Câmara Municipal. Em entrevista à Gazeta, Luís Carlos Teixeira, presidente do partido na cidade, ressaltou que o PT não terá candidatos a vereador e não irá apoiar nenhum dos candidatos a prefeito.
No entanto, ele observou que mesmo não possuindo nenhum cargo eletivo na cidade, o PT trouxe muitos recursos para o município por intermédio de seus deputados e que essa iniciativa irá continuar nos próximos anos, independentemente de quem ocupar a prefeitura. Além disso, afirmou que o partido segue articulando diversas ações para a melhoria de Vargem e que irá apresentar seus planos.

Sem apoiar candidatos para prefeitura, MDB incentiva participação feminina

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido presidido pelo advogado Hugo Cossi fez sua convenção na noite desta quarta-feira, dia 16. O partido tem os vereadores Felipe Gadiani e Guilherme Nicolau, que chegou a colocar seu nome como possibilidade de vice para Amarildo, decidiu que manterá postura independente no apoio aos postulantes ao Executivo e seus candidatos a vereador estão liberados a votarem em quem desejarem.
Para a Câmara Municipal, a legenda tem 16 pré-candidatos, sendo cinco mulheres e 11 homens. Segundo o relatado à Gazeta, o MDB tem uma diretriz nacional de eleger o maior número possível de mulheres, tanto que a legenda criou o MDB Mulher de Vargem Grande do Sul, que é presidido por Ana Carolina Gadiani Cossi, esposa de Hugo.

PDT e PTB não apoiarão candidatos a prefeito; Itaroti busca vaga na Câmara

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) também fez sua convenção nesta manhã, na Câmara Municipal. A legenda é presidida por Ronaldo Balestra, que havia colocado seu nome para ser candidato a prefeito. À Gazeta de Vargem Grande, Balestra afirmou que todos do partido deliberaram e a decisão foi não ter uma candidatura própria do PDT à prefeitura. Além disso, foi decidido que o partido não iria oficializar apoio a qualquer candidato ao Executivo. “Tudo foi feito da maneira mais democrática, com votação”, afirmou Balestra, que será candidato a vereador. O partido terá ao todo seis candidatos homens e três mulheres à Câmara Municipal.

PTB se reuniu domingo
O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), presidido pelo ex-prefeito Celso Itaroti Cancelieri Cerva, realizou sua convenção no domingo, dia 13. A Gazeta de Vargem Grande foi informada que a legenda não irá apoiar nenhum candidato a prefeito. Itaroti, que administrou Vargem de 2013 a 2016, será candidato a vereador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui