Na Prata, mais de R$ 2 mil em notas falsas foram apreendidas

0
353

A Polícia Militar prendeu um rapaz de Águas da Prata suspeito de passar notas falsas. O caso aconteceu na segunda-feira, dia 14, e uma grande quantia foi apreendida.
Segundo o jornal O Município, o indivíduo tem 19 anos e até teria lesado uma vítima em São João. Durante um patrulhamento de rotina, a equipe de Força Tática recebeu duas denúncias de vítimas distintas, as quais relataram terem recebido cédulas falsas após realizarem serviços de delivery em Águas da Prata.
A partir daí, conforme o jornal sanjoanense, os policiais militares começaram a levantar mais informações sobre o caso, descobrindo de onde eram feitos os pedidos e até mesmo as características físicas do suspeito.
Os PM’s encontraram o rapaz na casa dele, no Jardim das Paineiras. Ao ser abordado, ele negou que teria passado as notas falsas. O indivíduo foi revistado e teve o quarto vistoriado, mas nada de ilícito foi encontrado.
O jornal pontuou que, contudo, as buscas continuaram. Ao averiguar uma mata ao redor da residência, os policiais militares acharam um envelope rasgado, aparentemente com o remetente do Estado de Goiás. Indagado a respeito disso, o suspeito confessou ter adquirido o equivalente a R$ 4.000 em notas falsas. Conforme apurado, a compra ocorreu pela internet e ele teria pago R$ 800,00 pelo dinheiro falsificado.

Esquema
De acordo com o jornal, após confessar o crime, o rapaz levou a equipe policial para o matagal e mostrou o lugar exato onde havia escondido as cédulas. Um total de R$ 2.200 foi apreendido na ocasião. Questionado sobre onde estaria o restante do dinheiro falsificado, ele nada disse.
No entanto, o pai dele acompanhava a ocorrência e desbloqueou o celular dele para colaborar com o trabalho dos PM’s. Analisando o aparelho, os policiais militares encontraram mensagens dando conta que parte das notas estaria com um adolescente de 17 anos, segundo o jornal.
Em meio a esta constatação, o indivíduo confessou que entregou a quantia falsa de R$ 1.000 para o jovem repassar e que cobraria R$ 150 por isso. A equipe de Força Tática foi até a casa do adolescente e conversou com a mãe dele. Na ocasião, ela confirmou a história, porém, apresentou o total de R$ 500 em notas falsas.
O rapaz e o adolescente foram conduzidos até o Plantão Policial em São João da Boa Vista. Durante o registro da ocorrência, duas vítimas compareceram na unidade policial para fazer o reconhecimento do indivíduo e apresentaram as cédulas que receberam de ambos, totalizando o valor de R$ 190.
Diante dos fatos, o delegado Fabiano Antunes de Almeida ratificou a prisão em flagrante delito do suspeito. Já o jovem foi liberado para a mãe, após todos os procedimentos de praxe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui