Escolas de Vargem foram avaliadas no Ideb

0
946
Avaliação e metas para o ensino médio das escolas estaduais de Vargem

O Ministério da Educação (MEC) divulgou no dia 15 de setembro, as notas das provas aplicadas nas escolas de todo o país no final de 2019, pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).
As escolas da rede municipal de Vargem Grande do Sul ficaram com nota 6.8, alcançando indicadores acima da meta média projetada de 6.6. No entanto, a cidade caiu em relação à média de 2017, que foi 7.1.
Já na rede estadual de ensino, no 9º ano, a nota foi 5.3, ficando abaixo da meta projetada de 5.7. A nota no terceiro ano do ensino médio foi de 4.6, acima do que havia sido projetado, 4.4.
O Ideb foi criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e é formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino.
O índice é um indicador nacional que monitora a qualidade da Educação pela população, para tanto é medido de duas maneiras. A primeira é a partir da taxa de rendimento escolar, visando a aprovação dos alunos, e a segunda é analisando as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep, como a Prova Brasil para escolas e municípios e o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) para os estados e o país.
O objetivo do Ideb nas escolas e nas redes de ensino é alcançar 6 pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos. A sondagem é feita a cada dois anos, desde 2005.
O próximo levantamento será em 2021 e a meta projetada para Vargem será 6.8 nos primeiros anos do fundamental da rede municipal, 6.0 nos últimos anos do fundamental para a rede estadual e 4.6 para o ensino médio.

Estado
Das escolas estaduais do ensino fundamental, em suas médias individuais, a que obteve maior média foi a EE Benjamin Bastos, com um total de 6.2, ficando ligeiramente abaixo da média esperada, que era de 6,3. Em seguida, teve a EE Gilberto Giraldi com 5,7, também abaixo do projetada para o ano, 5,8.
A única escola estadual que obteve média equivalente à meta projetada foi a EE Alexandre Fleming, com 5.5 e média projetada de 5.4. A EE Achiles Rodrigues obteve média de 4.6, ficando, também, abaixo da média do ano que era de 5,3. A EE Professor José Gilberto de Oliveira Souza não teve Ideb observado, no entanto, a meta projetada era 5.1.
Nas notas individuais das escolas de rede de ensino estadual para o ensino médio, a Etec de Vargem Grande do Sul obteve nota 5,8 e ficou acima da meta projetada, que era 5.7. Em seguida, a EE Alexandre Fleming teve nota 4,9 e também ficou acima do esperado, que era 4.3.
A EE Achiles Rodrigues teve nota 4.5, ficando acima do projetado, 3.8, e a EE Gilberto Giraldi ficou com 4.3, porém, não tinha meta projetada. O Ideb da EE Professor José Gilberto de Oliveira Souza no ensino médio também não foi observado.

Benjamin Bastos
Para Mênica Bernardes Gutierres Dotta, diretora do Benjamin Bastos, a avaliação do Ideb foi positiva. “A nossa equipe ficou muito satisfeita com esta nota. É o resultado de um árduo trabalho de toda a comunidade: alunos, professores, pais, funcionários e gestores, com certeza é o fruto de anos de dedicação, e o esforço da equipe, neste momento de pandemia, está sendo muito grande, a fim de manter esta qualidade, mesmo diante de todas as adversidades”, disse. “É importante ressaltar a atuação docente como grande contribuição para este resultado: o comprometimento do professor é um diferencial para a aprendizagem: o acolhimento ao aluno, a criatividade na forma de ensinar e a interação com as famílias são características marcantes do trabalho da escola Benjamin”, afirmou.

Dados apresentados pelo Ideb para as escolas estaduais de Vargem para os 8º e 9º anos do ensino fundamental
Avaliação e metas para o ensino médio das escolas estaduais de Vargem

Achiles Rodrigues
A Gazeta contatou a diretoria da EE Achiles Rodrigues para que comentasse sobre os números da escola neste ano. A diretora Daniela Picinato Dota de Morais afirmou que a escola está muito satisfeita com os resultados deste ano. “Nossa escola vem ano a ano melhorando seus resultados e garantindo aos nossos alunos uma educação de qualidade, com compromisso de formação acadêmica e cidadã”, disse.
“Analisando nossos resultados observamos que no Ensino Fundamental houve uma melhora no rendimento, mas a meta proposta não foi atingida; já no Ensino Médio não só atingimos a meta como também a superamos (nossa meta era 3,8 e nosso IDEB foi 4,5)”, completou.
Esse desempenho, segundo Daniela, é fruto do trabalho coletivo de toda comunidade escolar. “Que conta com o empenho do corpo docente e discente, bem como a participação efetiva das famílias na gestão democrática e participativa, onde todos os segmentos possuem voz ativa e representativa”, comentou.
“O trabalho de acolhimento e o desenvolvimento do sentimento de pertencimento realizado pela escola, desde que assumi a direção desta unidade, em 2018, são fundamentais para a conquista de resultados crescentes e positivos. Nossa escola está no caminho certo e tem um grande potencial para continuar conquistando excelentes resultados e se destacando em nosso município”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui