Rede municipal adia aulas presenciais para o ano que vem

0
1056
Escola Municipal Padre Donizetti será murada. Foto: Arquivo Gazeta

As atividades junto aos alunos continuam de forma remota

Os alunos da rede municipal de ensino desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental, não deverão voltar às aulas presenciais este ano, de acordo com o Decreto assinado pelo prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) nesta terça-feira, dia 29 de setembro, que dispõe sobre a suspensão das aulas e atividades presenciais nas unidades da rede pública e privada de ensino no município de Vargem Grande do Sul.

Nas várias considerações que utilizou para fazer o decreto, o prefeito cita a prevenção do contágio pelo Covid-19 e que o governo do Estado delegou poder aos municípios para decidir sobre a abertura ou manutenção das atividades educacionais de cada cidade.

Uma pesquisa realizada recentemente pelo Departamento de Educação por meio de parceria com a Unifae, Centro Universitário de São João da Boa Vista, onde consta que a imensa maioria das pessoas se posicionou pela postergação do retorno presencial das aulas e atividades escolares, também foi utilizada pelo chefe do Executivo de Vargem para embasar a sua decisão.

Também no decreto consta que a abertura das escolas pode afetar os indicadores relacionados à pandemia do Covid-19 no município e que diante da necessidade de preservar e priorizar a vida e a saúde da população, o decreto foi assinado.

De acordo com o decreto, o Departamento Municipal de Educação deverá começar imediatamente o planejamento para o ano letivo de 2021, cujo início das aulas está previsto para o dia 11 de janeiro de 2021.

As aulas e atividades em todas as unidades de educação da rede pública municipal, estadual e privada deverão seguir de forma remota no decorrer do ano letivo de 2020 em consonância com a Lei Federal nº 14.040, de 18 de agosto de 2020 e orientações do Conselho Nacional da Educação, segundo o art. 2º do decreto assinado pelo prefeito Amarildo.

Já os estabelecimentos de ensino que oferecem cursos técnicos, poderão realizar suas atividades presenciais de aulas práticas de laboratório, respeitando os protocolos sanitários recomendados e as medidas protetivas necessárias.

De acordo com a coordenadora pedagógica do município, a professora Rosana Abreu Pereira, as atividades dos alunos da rede municipal continuam de forma remota. Os professores elaboraram trabalhos baseados nas apostilas que foram encaminhadas aos alunos que executaram as atividades e agora os professores vão fazer a análise dos trabalhos para avaliar cada aluno, visando o planejamento pedagógico para o ano que vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui