Serpentes e lagarto foram apreendidos em Mococa

0
189
Uma das cobras resgatadas pela PM Ambiental

A Polícia Militar Ambiental apreendeu 20 animais ilegais, entre serpentes exóticas, serpentes nativas e lagarto exótico, na quinta-feira, dia 24, no Jardim Alvorada, em Mococa.
A ação aconteceu em decorrência de cumprimento de Mandado Judicial de Busca expedido pela Comarca de Mococa para a averiguação de possíveis práticas de crimes ambientais contra a fauna.
Foi procedida minuciosa vistoria na residência do referido mandado, e a equipe teve sucesso em constatar a existência de 11 serpentes, uma coralus hortuanos, três piton, duas king snake e cinco corn snake, além de um lagarto da espécie pogona, considerados animais exóticos não isentos de controle para fins de operacionalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).
Também foi constatada a existência de oito serpentes, sendo uma falsa coral, três jiboias, uma cobra cipó, uma cobra d’água, uma caninana e uma sucuri, pertencentes à fauna nativa brasileira.
Dessa forma, com a inexistência de qualquer documentação que amparasse a posse desses animais e estando afastada situação de maus tratos, restaram configuradas as Infrações Ambientais por “introdução de espécie animal mediante sua guarda continuada a qualquer tempo” e por “manutenção de espécies nativas em cativeiro”, violações dos artigos 26 e 25 da Resolução SMA 48/14.
Foi elaborado, então, os respectivos autos, que totalizaram R$ 8.400, e foi procedida a apreensão e destinação dos citados animais junto ao Instituto Butantã, em São Paulo, o que está em andamento, ficando o Atendimento Ambiental agendado para o dia 8 de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui