Aulas em Vargem só voltam em 2021 em todas as redes de ensino

0
1321
Cenas como essa, de alunos retomando o ano letivo, só em 2021

As aulas presenciais em Vargem Grande do Sul, em 2020, estão suspensas em todas as unidades de ensino, de acordo com a prefeitura. A rede municipal, estadual e privada devem continuar com as atividades escolares remotas, até dezembro, segundo o decreto municipal nº 5.142, de 29 de setembro.
Na rede municipal, a prefeitura informou que as aulas continuam à distância com a distribuição de materiais e acompanhamento dos professores por meios digitais. Para 2021, segundo a prefeitura, está previsto a retomada das aulas presenciais em 11 de janeiro.
No entanto, o Departamento de Educação informou que estão realizando a construção das ações e replanejamento. “Provavelmente retornaremos com a proposta de avaliação diagnóstica dos alunos para a retomada dos conteúdos curriculares. A avaliação diagnóstica será o ponto de partida para todas as ações programadas para a efetivação da aprendizagem”, informou.
Segundo o explicado, o Departamento de Educação seguirá todas as orientações do Governo Federal e Estadual. Diante do exposto, seguem aguardando a homologação do Ministério da Educação (MEC) da Resolução do Conselho Nacional de Educação, que dispõe sobre como proceder sobre a reorganização e continuidade do ensino. Além da aprovação com redefinição de critérios de avaliação, recuperação e reposição de conteúdos.
O objetivo maior nesse momento, conforme a prefeitura, é viabilizar o processo de ensino, garantindo ao aluno o direito de aprender. A prefeitura pontuou que após a aprovação desta resolução será possível esclarecer aos pais sobre o prosseguimento dos estudos dos alunos e informar as ações diversificadas, respeitando as condições e individualidades dos alunos, priorizando os direitos de aprendizagem dos mesmos.

Rede estadual
As aulas na rede estadual não retornarão neste ano, independente da reabertura autorizada pelo Governo do Estado de São Paulo, uma vez que a prefeitura de cada município tem o poder de vetar, o que foi feito por decreto municipal em Vargem.
O governador João Doria anunciou a abertura do período de matrículas para o ano letivo de 2021, a partir de terça-feira, dia 6. Portanto, nas escolas estaduais de Vargem já é possível fazer a rematrícula dos alunos.
O prazo para os alunos que já fazem parte da rede vai até o dia 16 de outubro e a solicitação deve ser feita pelo aplicativo Minha Escola SP ou pela plataforma Secretaria Escolar Digital (SED).
Segundo o informado pelo governador, as famílias poderão optar por curso de idiomas, ensino médio integrado, 4º ano opcional do ensino médio e escola em tempo integral no momento da matrícula. De acordo com Doria, os alunos que ainda não fazem parte da rede estadual, podem se matricular até 30 de outubro. Os pais e interessados podem procurar qualquer escola estadual, a diretoria de ensino ou os postos do Poupatempo em todo o estado.
A volta às aulas opcional, ocorreu na última semana para alunos do ensino médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para as escolas que atendem alunos do ensino fundamental, a data prevista de retorno foi alterada para o dia 3 de novembro.
No entanto, como destacou Doria, tanto o calendário de retomada presencial como a realização de atividades de reforço nas escolas municipais, estaduais e privadas dependem da autorização de cada prefeitura. Em Vargem, o decreto municipal não autorizou essa retomada em 2020.

4º ano opcional
Segundo Doria, os alunos que desejarem também terão a opção em 2021 de cursar o 4º ano do ensino médio para aprofundar os conhecimentos e corrigir possíveis lacunas na aprendizagem em determinadas disciplinas. A medida visa contribuir com a formação integral dos alunos e apoiá-los no ingresso ao ensino superior, se assim desejarem.
Para isso, o governador informou que os interessados devem manifestar interesse em permanecer na rede na estadual e cursar o 4º ano a partir de terça-feira, dia 6, e posteriormente confirmar esta solicitação em dezembro. Ele também deve escolher entre 3 e 13 disciplinas para compor seu currículo. Porém, a oferta de vagas vai variar de acordo com a disponibilidade da escola.
Em janeiro serão oferecidas aulas de reforço para os alunos que optarem.

Ensino integrado
O Governo do Estado de São Paulo ainda informou que os alunos que concluíram o ensino fundamental poderão aderir ao Novotec Integrado, uma modalidade do programa que permite que os estudantes cursem o ensino médio integrado ao técnico na mesma escola e no mesmo turno.
Os cursos serão alinhados com o interesse dos estudantes e com as demandas do mercado. Haverá opções como Administração, Informática para Internet, Logística, Desenvolvimento de Sistemas, Marketing, Serviços Jurídicos, Guia de Turismo e Contabilidade. O aluno que optar por essa modalidade receberá certificado de conclusão do ensino médio com habilitação técnica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui