Câmara de Vargem inicia projeto para transmissão online de sessões

0
399
Canal da Câmara de Grama no Youtube transmite as sessões do Legislativo da cidade vizinha

A Câmara Municipal de Vargem Grande do Sul é uma das únicas de toda a região a não oferecer a transmissão online de suas sessões. Enquanto municípios como São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo e até cidades menos populosas, como Divinolândia e São Sebastião da Grama já exibem ao vivo cada uma das reuniões há muitos anos, o Legislativo vargengrandense sempre evitou avançar nesse sentido. No entanto, isso pode mudar, uma vez que o presidente da Casa, o vereador Paulo César da Costa, o Paulinho da Prefeitura (PSB) determinou o início do estudo para viabilizar as transmissões.
Uma demanda da população, a transmissão online das sessões foi tema de uma série de reportagens da Gazeta de Vargem Grande há alguns anos. Na época, o jornal entrou em contato com representantes de cada Legislativo da região, questionando há quanto tempo as sessões eram transmitidas e qual o valor que cada Câmara investia nesse serviço à população.
Em maio de 2018, foi criado inclusive um movimento na cidade reivindicando essa transmissão. O grupo chegou a participar das discussões da audiência pública sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano seguinte, mas alguns vereadores se mostraram contrários à discussão, usando como justificativa as limitações orçamentárias e a necessidade, à época, de adiantar a devolução do repasse de recursos da Câmara à Prefeitura, que enfrentava uma grave crise financeira.
Nos anos seguintes, a Gazeta voltava a questionar cada vereador que ocupou a presidência do Legislativo sobre a possibilidade da exibição das sessões pela Internet. A reivindicação da população voltou a ganhar força neste ano, com a pandemia da Covid-19 e a necessidade de isolamento social, que restringiu o acesso do público às sessões, como medida de prevenção à doença. Sem poder acompanhar as reuniões, moradores voltaram a cobrar a transmissão online.
Assim, o passo mais concreto para a execução deste projeto foi dado ontem, pelo presidente da Câmara, Paulinho da Prefeitura, que autorizou a direção da Câmara a fazer os levantamentos, cotações de preços e estudos necessários para a exibição das sessões pela Internet. Será avaliado qual solução é a mais viável, como a aquisição de equipamentos e transmissão própria, até a contratação de prestadores de serviço.
Em seguida, será estudado qual modalidade será usada para a efetivação da exibição, licitação, tomada de preços. Apesar de não haver previsão se a transmissão começará ainda em 2020, o início do processo mostra uma mudança na mentalidade de alguns vereadores do Legislativo, que nos bastidores sempre se posicionaram de maneira contrária a essa prestação de serviços à população.
À Gazeta de Vargem Grande, Paulinho avaliou a medida como um avanço na democracia. “É um pedido de toda população e atendendo à população estou autorizando a abertura desse processo para que tão logo toda a população possa acompanhar o trabalho dos 13 vereadores”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui