Eleição na região

0
275

José Alexandre Pereira de Araújo se reelegeu em Aguaí

José Alexandre foi o mais votado com 60,08%

Em Aguaí, José Alexandre Pereira de Araújo (PSDB) se reelegeu na prefeitura com 9.120 votos, sendo 60,08% do total.
Ele disputava a prefeitura com Sérgio Luís de Alcântara Martucci (PTB), que recebeu 5.159 votos, 33,98% do total, e Anderson da Silva (Republicanos), que teve 902 votos, 5,94% do total.
Na cidade, 702 votos, o que corresponde a 4,11% foram brancos e 1.173, sendo 6,88%, nulos.

Em Casa Branca, Marco Aga foi reeleito

Marco se reelegeu com 65,07%

Com 65,07% dos votos, correspondendo a 8.377 menções nas urnas, Marco César de Paiva Aga (Republicanos) se reelegeu em Casa Branca, no domingo, dia 15.
O prefeito disputava o cargo com José Geraldo Colombini (MDB), que recebeu 4.497, sendo 34,93% dos votos.
Em Casa Branca houve 622 votos brancos e 896 votos nulos, sendo 4,32% e 6,23%, respectivamente.

Padoca é o novo prefeito de Divinolândia

Eleito com 52,55% dos votos, ou seja, 3,756 votos, Antônio de Pádua Aquisti (PTB) é o novo prefeito de Divinolândia, tendo Paulo Aureliete de vice. Padoca já havia sido vice-prefeito da cidade em 2009, quando João Sebastião de Almeida, o Ico, foi o chefe do Executivo.
Ele disputava a prefeitura com o ex-prefeito Geraldo Fornari Junior (PSDB), que obteve 3.392 votos, correspondendo a 47,45% dos votos.
A Câmara de Divinolândia ficou composta pelos vereadores: Ederson Trevizan (PSD – 489 votos), Leo Correa (PSD – 432 votos), Tizil (PSDB – 425 votos), Jaqueline Grespan (DEM – 366 votos), Maria Inferno (PSDB – 261 votos), Silinha (PSDB – 256 votos), Diego Borges (DEM 246 votos), Marcão Coelho (MDB – 238 votos) e Marinho Tesolin (PTB – 238 votos). Na cidade, foram computados 171 votos brancos, sendo 2,19%, e 491, 6,29% do total.

Maranata (MDB) é o novo prefeito de Itobi

Maranata foi o mais votado com 41,71%

Em Itobi, Joaquim Cândido Filho (MDB), o conhecido Maranata, foi eleito com 1.991 votos, o que significa 41,71% do total.
O cargo de Chefe do Executivo foi disputado por Marcos Escames Felix da Silva (Podemos), que teve 1.005 votos (21,05%) e Marcos Eduardo Urbano (DEM), que contabilizou 907 votos, o que corresponde a 19% dos votos válidos.
Na disputa, estava também o atual prefeito Alexandre Toríbio (PTB), que teve 871 votos, ou seja, 18,24%.

Chefe do Executivo de Grama é José Francisco Martha

Zé da Doca teve 2.402 votos

Quatro candidatos disputavam a prefeitura de São Sebastião da Grama e o eleito foi José Francisco Martha (PTB), o Zé da Doca, com 40,25% dos votos, um total de 2.402. Ele já havia administrado Grama no mandato de 2013 a 2016. Ele tem como vice Pio Leiteiro.
Em segundo lugar ficou Rafael Mascherim Montouro (MDB), o Rafa do Gás, com 1.884 votos, sendo 31,57% do total. Delloro Bilatto (DEM) teve 21,43% dos votos, ou seja, 1.279 votos, e Ricardo Ribeiro Florido (PSD), o atual prefeito gramense, que somou apenas 402 votos, cerca de 6,7% do total.
Do total, foram contabilizados 199 votos brancos e 344 nulos, sendo 3,06% e 5,28%, respectivamente.

Márcio Zanetti é o novo prefeito de São José

Márcio foi o mais votado com 52,07% dos votos

Em São José do Rio Pardo, quem venceu a eleição para prefeito foi Márcio Zanetti (PTB), com 52,07% dos votos, um total de 13.666 menções nas urnas. Ele venceu o ex-deputado federal e ex-secretário de Estado, Silvinho Torres (PSDB).
Político tradicional de São José e liderança do partido no cenário nacional, Silvinho obteve 10.941 votos, sendo 41,68% do total. Seu filho, Henrique Torres (PSDB), foi eleito vereador com 302 votos.
Os outros candidatos foram Antônio Marcos Zanetti (PSD), que teve 1.324 votos, sendo 5,04% do toal, e Daniel Donizeti Salotti (PSC), 316 votos (1,20%).
A cidade somou 1.338 votos brancos, sendo 4,51%, e 2.060 nulos, sendo 6,95% dos votos.

Teresinha é a primeira prefeita de São João

Teresinha foi eleita com 12.430 votos. Foto: O Municipio

Com 28,68% dos votos, Maria Teresinha de Jesus Pedrosa (DEM) foi eleita a primeira prefeita de São João da Boa Vista, tendo somado 12.430 dos votos válidos, apenas 97 a mais que a segunda colocada, Patrícia Magalhães (PSDB), que teve 28,45% dos votos, sendo 12.333 menções na urna.
Francisco de Assis Carvalho Arten, teve 10.270 votos (23,69%), e José Eduardo dos Reis (PSB), somou 13,87%, com 6.012 votos. Na cidade, Elenice Vidolin (PSOL) teve 1.350 votos (3,11%) e Nelson Santos, 950 (2,19%). São João teve 2.563 votos brancos e 3.761 votos nulos, sendo 5,16% e 7,57%, respectivamente.
Teresinha tem família em Vargem. Ela é cunhada do conhecido Calixto, da antiga Foto Flash Color, sendo irmã de sua esposa, Cláudia. Política atuante em São João, em 2000, ela disputou a eleição para vereadora e, em 2004 e 2008, concorreu a eleição à prefeitura sanjoanense. Em 2014 e em 2018, Teresinha foi candidata a deputada federal e agora, em 2020, se elegeu prefeita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui