Em Vargem, cai intensidade de novos casos de Covid-19

0
238
Remessa de 120 mil doses da Coronavac, proveniente da China, desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos na manhã da quinta-feira. Foto: Governo Estado SP

Nas últimas semanas, Vargem Grande do Sul tem registrado uma quantidade menos intensa de novos casos da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. No entanto, no restante do Estado, o número de pessoas infectadas voltou a aumentar consideravelmente, levando o governo de São Paulo a adotar medidas como determinar a hospitais que não desmontem leitos usados para pacientes da Covid e que suspendam o agendamento de cirurgias eletivas.
Essas medidas foram anunciadas na quinta-feira, dia 19, após aumento em 18% na ocupação de leitos de UTIs de hospitais privados e da rede pública. O aumento foi registrado principalmente na Capital e Grande São Paulo. O governo também decidiu voltar a realizar a análise a cada 14 dias, e não mais a cada mês da classificação do Plano São Paulo de reabertura.

Casos em Vargem
Depois de ter atingido o auge de casos entre setembro e outubro, o aumento de novos casos da Covid-19 em Vargem Grande do Sul começou a perder intensidade. Nesta sexta-feira, dia 20, o município somava 982 casos positivos.
Ao todo, 965 pessoas já se recuperaram da Covid-19 em Vargem. São 35 pessoas que aguardam resultado de exame.
Desde o início da pandemia na cidade, 24 pessoas morreram em decorrência da doença e outras duas que estavam com o coronavírus faleceram por outras causas. Atualmente, uma pessoa com Covid-19 está internda e outros três pacientes internados ainda aguardam resultado de exames. Outros dois pacientes de Vargem seguem internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) na região.
Vargem Grande do Sul já realizou mais de 7 mil testes para a doença.

Vacina
O Governador João Doria (PSDB) participou do recebimento da remessa de 120 mil doses da Coronavac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Life Science. A carga, proveniente da China, desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos na quinta.
Ao todo serão 46 milhões de doses, sendo 6 milhões já prontas para aplicação e 40 milhões em forma de matéria prima para formulação e envase em fábrica própria do Instituto Butantan.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui