Cerimônia de posse segue indefinida

0
233

Quando todos os detalhes da cerimônia de instalação da nova Legislatura e da posse dos eleitos caminhava para uma definição, a medida do governo do Estado em decretar retorno de todos os municípios à fase vermelha do Plano São Paulo nos dias 25 e 27 de dezembro e 1 e 3 de janeiro, fez com que os planos fossem suspensos.
A nova fase permite apenas atividades essenciais, como: farmácias, mercados, hospitais e transporte público. Eventos, convenções, atividades culturais e atividades que gerem aglomerações estão vetados.
Assim, conforme reportagem do portal UOL, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico recomenda, com orientação do Centro de Contingência do Coronavírus, “que as cerimônias de posse sejam realizadas pela internet, a fim de evitar aglomerações e a disseminação da doença”. No entanto, a decisão sobre como será feita a posse cabe a cada prefeitura.
Até o começo da semana, a cerimônia de posse em Vargem Grande do Sul seria realizada na manhã do dia 1º de janeiro, sexta-feira, no salão da Sociedade Beneficente Brasileira, um espaço bastante amplo. A capacidade seria limitada a menos de 40% e cada eleito, ou seja, os 13 vereadores da próxima legislatura, além do prefeito e vice-prefeito poderiam levar apenas dois convidados.
A cerimônia seria bastante protocolar e ágil, para que não fosse necessário muito tempo de reunião e que logo ao final, haveria a dispersão dos presentes, evitando aglomeração. Todos os protocolos sanitários com relação à Covid-19 seriam seguidos, como uso de álcool gel, máscaras e distanciamento entre as pessoas. A solenidade seria ainda transmitida pela internet.
No entanto, com a recomendação do governo de São Paulo de uma solenidade ainda mais enxuta, a Câmara e a Prefeitura ainda não tinham até o fechamento desta edição, definidos o novo formato da cerimônia, que de acordo com a Constituição, deve ser realizada no dia 1º de janeiro.

Em São João
A Câmara de São João da Boa Vista também mudou o planejado para a cerimônia de posse. A Sessão Solene que seria realizada no Theatro Municipal foi transferida para a sede da Câmara Municipal. A alteração foi necessária devido à nova classificação, de fase vermelha, estabelecida pelo governo estadual no Plano São Paulo de enfrentamento ao Covid-19.
Em razão das restrições sanitárias, em São João, não haverá presença de público e participarão somente prefeita, Vice-Prefeito e Vereadores eleitos, além de servidores da Câmara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui