Celso Itaroti afirmou que a Câmara está à disposição do prefeito Amarildo

0
665
Presidente da Câmara destacou o objetivo comum de trabalhar por Vargem. Foto: Reportagem

Em seu pronunciamento, Celso Itaroti, que foi prefeito de Vargem entre 2013 e 2016, além de ter sido vereador e presidente da Câmara em mandatos anteriores, agradeceu por mais essa oportunidade de trabalhar pela cidade. “Agradeço a Deus por estar aqui hoje com saúde e poder mais uma vez lutar por uma Vargem Grande melhor. Tive a oportunidade de estar nessa Casa três vezes, duas vezes na presidência, onde em uma delas o prefeito era o José Reinaldo e na outra o Celso Luís Ribeiro”, lembrou.
Afirmou que na época o trabalho com o Chefe do Executivo foi tranquilo e de realizações. “Então, para aquelas pessoas que durante esse período de eleição da mesa que tentaram de alguma forma jogar a população contra o grupo que foi o que ganhou aqui hoje, quero deixar claro que esse tipo de comportamento não existe. Tenho experiência o suficiente, já passei pelo cargo de prefeito também e sei como funciona”, afirmou.
Falou que a Câmara e os 13 vereadores trabalharão pela cidade em união. “Quero dizer ao prefeito que a Câmara Municipal de Vargem Grande do Sul a partir de hoje está à disposição. O que ela puder fazer para ajudar a colaborar no sentido de melhorar a nossa cidade, o senhor vai sempre poder contar”, disse ressaltando que todos estão juntos para lutar em prol da cidade e do povo. “É isso que nós pretendemos fazer: juntos, lutar, trabalhar, trazer recursos, como Paulinho disse, apoiar o que o prefeito mandar para a Casa”, reafirmou.
Se dirigindo ao vice-prefeito Celso Ribeiro, observou que todos os projetos que foram apresentados na época à Câmara foram aprovados. “Sempre votamos porque é o interesse da população, nós estamos aqui para isso. É lógico que são coisas diferentes, poderes diferentes, a gente entende isso também, são poderes distintos, mas são poderes distintos em prol do mesmo objetivo, que é Vargem Grande do Sul”, comentou.
Lembrou também do trabalho que realizou junto de Bertoleti e Serginho, que já foram seus colegas de Legislativo e destacou a atuação dos servidores da Câmara. Falou também sobre sua tia de 93 anos e da filhinha de 10, que estavam acompanhando pela Internet, mostrando às câmeras que estava usando o relógio de sua filha, conforme prometeu a ela. E emocionado, dedicou seu mandato à mãe, Lacir, que faleceu há pouco tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui