Painel

0
697

Padre Paulo
Em sua última entrevista à Gazeta, que é publicada nesta edição, padre Paulo deixou um recado à equipe do jornal. “Inicialmente agradeço por toda proximidade da Equipe da Gazeta, apoio e amizade! Foi uma linda experiência. Levarei vocês no meu coração. Obrigado. Rezo por vocês, para que continuem utilizando todo o potencial deste importante meio de comunicação para levar informação de conteúdo e que possa criar unidade e promover a vida em nossa querida Vargem Grande do Sul”.

Agradecimento
A equipe da Gazeta agradece ao padre Paulo pelas orações e por tudo que realizou em Vargem Grande do Sul, tanto na condução da Paróquia de Sant’Ana como também em todo trabalho junto à comunidade vargengrandense. Deseja ainda que ele siga forte na fé e na missão de guiar os fiéis em sua nova jornada.

Transmissão online frustrada
A primeira sessão ordinária da Câmara de Vargem deste ano, realizada em 1º de fevereiro, seria também a primeira a ser transmitida ao vivo pela Internet, após anos de apelo da população. No entanto, uma série de problemas técnicos prejudicou a transmissão, que em alguns momentos chegou a ser acompanhada por mais de 80 internautas, uma audiência muito superior ao público que costuma acompanhar as reuniões presencialmente.

Começar novamente
A sessão extraordinária que foi realizada no início da tarde do dia 2 já não teve transmissão. A Gazeta apurou que as dificuldades técnicas enfrentadas na primeira transmissão levaram o presidente da Casa, o vereador Celso Itaroti (PTB), a solicitar a busca por uma nova empresa para o fornecimento do serviço. Nos bastidores se comenta que Itaroti ficou extremamente irritado com os problemas que inviabilizaram a transmissão e que sobrou bronca para todo mundo.

Sem público
Na segunda-feira, dia 1º, momentos antes da sessão ter início, foi publicado no Jornal Oficial do Município uma determinação de Celso Itaroti, presidente da Câmara, na qual ficou proibida a presença de público nas sessões ordinárias e extraordinárias da Câmara Municipal, admitindo-se apenas a presença dos vereadores e servidores do Legislativo. A medida segue até que Vargem saia da Fase Laranja e passe para a Fase Amarela, do Plano São Paulo.

Parecer favorável
Foi publicado ainda que se encontra à disposição para exame e apreciação o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que emitiu parecer favorável com recomendações à aprovação das contas prestadas pela Prefeitura Municipal de Vargem Grande do Sul, relativas ao exercício de 2018, segundo ano da gestão anterior de Amarildo Duzi Moraes (PSDB).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui