Estelionatário de Minas é preso após comprar cargas de batata palha de empresa de Vargem

0
2275
4 mil kg de batata palha foram localizados em fábrica. O responsável pela carga compareceu à delegacia para prestar esclarecimentos. Foto: Jornal das Gerais

Ação da Polícia Civil de Vargem Grande do Sul esclareceu um crime envolvendo a compra de cargas de batata palha que estava lesando uma empresa da cidade. Conforme informações do portal Jornal das Gerais, a carga foi encontrada em Senador José Bento, em Minas Gerais.
O estelionato estava sendo aplicado em uma empresa vargengrandense que processa e vende batatas. No dia 25 de maio, as vítimas procuraram a Delegacia de Polícia Civil, informando que haviam vendido duas cargas de batata palha para uma firma de Senador Amaral (MG). A compra foi negociada em mais de R$ 110 mil e a carga seria enviada em duas viagens contratadas pela empresa mineira.
Na Delegacia, as vítimas contaram que o pagamento foi feito com diversos cheques pré-datados do comprador. Ao desconfiar que algo estava errado, o comerciante ligou para a empresa que aparecia no cheque e a titular informou que esses cheques, utilizados pelo acusado como pagamento das cargas, já tinham sido baixados há mais de dois anos, depois de terem sido roubados.
No dia do registro da ocorrência, uma nova venda já havia sido efetuada com o comprador, desta vez no valor de R$ 21 mil, restando apenas a retirada da mercadoria. Assim, a equipe da Delegacia de Vargem planejou uma ação e foi acompanhar a busca da carga.
Após ser feito o carregamento, os investigadores saíram em acompanhamento do transportador até um barracão situado em Senador João Bento (MG). No local, eles realizaram uma abordagem e encontraram todas as cargas de batata palha adquiridas pelo comprador.
O autor do estelionato foi identificado e conduzido ao Plantão da Polícia Civil de Pouso Alegre (MG). As cargas foram apreendidas e devolvidas aos empresários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui