Grupo Pais que Amam procura voluntários

0
997
Grupo Pais que Amam procura voluntários. Arquivo Divulgação

O Grupo Pais que Amam foi criado no dia 8 de fevereiro de 2012 por um grupo de pais que tinham o intuito de auxiliar seus filhos dependentes químicos com grupos de apoio no tratamento, reuniões e encaminhamentos para internações em clínicas. Posteriormente, o grupo começou a trabalhar com as crianças do bairro onde a instituição está localizada, fazendo trabalho de prevenção e retirando-as das ruas.
A Gazeta de Vargem Grande foi até a instituição e conversou com a assistente social Elen Picinato e também com a coordenadora Rosana Braz Mendes Raddi, para saber um pouco mais sobre o Grupo Pais que Amam e também como a população pode ajudá-los.
Durante a conversa elas informaram que desde este mês de novembro, o grupo passou a se chamar Centro Especializado de Apoio e Atendimento a Família e Dependentes Químicos e está passando por uma reestruturação de tudo. Atualmente, 24 crianças são atendidas diariamente no período da tarde, das 13h até as 15h, mas ano que vem pretendem passar para 40 crianças e também atendê-las no período da manhã. Das crianças atendidas na instituição, muitas vivenciam situação de vulnerabilidade social, e às vezes se alimentam apenas quando estão na escola ou no grupo, onde é servido um lanche.
Também foi informado que atualmente apenas aulas de artesanato são oferecidas as crianças, mas a entidade pretende expandir as atividades com outras oficinas diferentes. Porém, para que tenham mais oficinas para as crianças seria de grande ajuda para a instituição que as pessoas se voluntariem para dar as aulas, pois no momento não seria possível para eles contratar professores para darem as aulas.
Segundo o relatado, a entidade busca o apoio de professores de educação física, pedagogos, psicólogos, nutricionistas, professores de dança, entre outros profissionais, que seriam de grande valia para as atividades com as crianças.
Elen e Rosana comentaram que as pessoas podem ajudar sendo voluntárias, ajudando a preparar o lanche das crianças, doando os alimentos para o lanche, dando aulas nas oficinas, ajudando na faxina, fazendo doações para o bazar (roupas, brinquedos, sapatos, etc), doando materiais recicláveis para a confecção das peças de artesanato, etc.
Além disso, o centro está montando uma biblioteca voltada para crianças e adolescentes e quem puder ajudar doando livros de literatura, pré-vestibular, entre outros tipos, será de grande ajuda.
O Centro Especializado de Apoio e Atendimento a Família e Dependentes Químicos (Grupo Pais que Amam), atualmente tem como seu presidente Pedro Paulo da Silva, mas a partir do dia 21 de novembro terá uma nova diretoria, com a eleição que será realizada em breve. Hoje contam com a coordenadora Rosana Braz Mendes Raddi, com a assistente social Elen Picinato, com a psicóloga Júlia Morgado Cruz, com a oficineira Alessandra Silva do Nascimento Orrico Infantine e com a secretária Célia Maria Rodrigues Lopes em sua equipe.
A instituição está localizada na rua Jardinópolis, nº 601, na Vila Santana em Vargem Grande do Sul e o telefone para contato é o (19) 3641-1761.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui