Campanha realizou cadastro de 259 doadores de medula

0
763
Campanha realizada no dia 24 atraiu muitos voluntários. Foto: Reportagem

O espírito da solidariedade tomou conta de muitos vargengrandenses no último sábado, dia 24 de fevereiro, durante a campanha para cadastro de doadores de medula óssea. Mais de 250 pessoas compareceram para se registrar e fazer parte do cadastro de possíveis doadores.
A campanha foi realizada no Centro Pastoral São Benedito, em uma iniciativa em conjunto entre a prefeitura e o Hemocentro da Unicamp. De acordo com o relatado pelo Departamento Municipal de Saúde, foram efetuados o total de 259 cadastros de possíveis doadores de medula óssea. Além do pessoal do Hemocentro e da Saúde de Vargem, muitos voluntários também participaram da iniciativa, orientando os interessados em participar da campanha.
O Hemocentro é responsável por registrar os interessados em se tornar doadores de medula óssea. Os dados são agrupados em um registro único e nacional (Redome). Um indivíduo pode ser voluntário para a doação de sangue, doação de medula ou de ambos. O processo de busca do doador é simples e totalmente informatizado.
O médico responsável inscreve as informações do paciente necessitado do transplante, incluindo o resultado do exame de histocompatibilidade – HLA (exame que identifica as características genéticas de cada indivíduo), no sistema do Registro Nacional de Receptores de Medula Óssea (Rereme). Após aprovação da inscrição do paciente, a busca é iniciada imediatamente.

Campanha realizada no dia 24 atraiu muitos voluntários. Foto: Reportagem

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui