Câmara explica que orçamento será aplicado em ajuda ao Executivo

0
593
Fernando informou que prioridade é Saúde da população. Foto: Reportagem

De acordo com o presidente da Casa, Fernando Corretor, a prefeitura solicitou antecipação de duodécimo para custear despesas com Saúde

O presidente da Câmara, Fernando Corretor (PRB), foi procurado pela Gazeta para se manifestar a respeito do assunto. “Quanto à questão que envolve o tema transmissão online das Sessões da Câmara Municipal, informo aos interessados que no ano passado o presidente Wilsinho determinou que a secretaria providenciasse orçamentos de empresas especializadas para compra dos equipamentos de Website Responsivo, visando a transmissão das Sessões”, explicou.
De acordo com Fernando, as empresas Interpacta, Proxy e Site House apresentaram propostas, cujos valores se apresentaram bastante elevados, sendo o primeiro de R$ 28.880,00 e o segundo de R$ 30.000,00, para venda dos equipamentos e manutenção do sistema.
Após parecer do assessor jurídico Valter Luis de Mello, o então Presidente Wilsinho indeferiu o pleito dos vereadores Canarinho (PSDB) e Guilherme (MDB), avaliando ser inviável realizar tais operações pelo preço ofertado, porque a Câmara havia assumido o compromisso de devolver parte do duodécimo para compra da Usina de Asfalto e também porque inexistia dotação orçamentária específica para a despesa, nos termos da Lei 4.320/64.
“Atualmente, eu, Presidente Fernando, não vejo como prioridade retomar essa questão e gastar valor considerável de dinheiro público para adquirir equipamentos e contratar serviços especializados para transmissões online das Sessões. Mas esse pensamento não é porque não dou importância ao tema, mas sim porque não vejo como prioridade despender tais gastos, porque pauto pelo respeito ao princípio da economicidade, especialmente neste momento de crise econômica que passa nosso país e principalmente nossa cidade”, ressaltou Fernando.
“Neste tema, informo aos leitores deste renomado jornal, que minha prioridade absoluta, no momento, é discutir com a Mesa Diretora medidas para atender a solicitação do senhor prefeito municipal, que através de ofício protocolado nesta Casa de Leis, pede nosso auxílio no sentido de devolver o saldo do duodécimo existente, sendo que ele utilizará para o pagamento de cirurgias eletivas de pessoas carentes de nosso Município que estão na fila de espera e aguardando serem atendidas”, explicou o presidente da Câmara.
“Nos foi informado pelo senhor prefeito que temos na fila mais de 400 pessoas esperando cirurgias eletivas no hospital, além de centenas de exames médicos, especialmente de mamografia, tomografia, endoscopia entre muitos outros que precisam ser feitos para conclusão dos diagnósticos”, relatou Fernando.
“Esse pedido que nos foi feito pelo prefeito é de tamanha importância, que desde já antecipo que sou favorável em atender a solicitação, tanto que irei reunir o mais breve possível com os Membros da Mesa para tratarmos do assunto, porque vejo a presença do interesse público nesta solicitação. Portanto, não tenho dúvidas em dizer que estou agindo corretamente, fazendo o possível para contribuir para o bem estar da população carente vargengrandense, exatamente na área de saúde pública tão precária em nosso país”, disse.
“Nesse tema tão relevante de saúde pública, não podemos fechar os olhos e não atender o solicitado. Por fim, ressalto a importância da harmonia que existe entre os Poderes Legislativo e Executivo Municipal, sempre voltada para o bem estar da população de nossa cidade. Então, voltando a questão das transmissões das Sessões da Câmara, por entender não se tratar de questão prioritária neste momento, pois qualquer gasto poderá significar cirurgias eletivas e exames a menos a população. Neste sentido, nossas decisões e gastos neste momento devem ser canalizados diretamente em favor dos que mais precisam. A referida transmissão terá que ficar para ser analisada num futuro quanto a sua viabilidade de implantação. Por ora, atenderemos o essencial”, finalizou.

Leia mais:

Na região, sessões já são transmitidas

Grupo se mobiliza por transmissão ao vivo das sessões da Câmara

 

Fernando informou que prioridade é Saúde da população. Foto: Reportagem

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui