Creche Dona Zinha inicia atividades

0
1320
Crianças se divertem nos brinquedos da unidade. Foto: Reportagem

Depois de ter sido inaugurada em dezembro de 2016 sem ter condições de receber alunos, a creche Maria Pereira da Fonseca, a dona Zinha Cordeiro, localizada no Jardim Fortaleza, finalmente iniciará suas atividades. A nova unidade tem capacidade para 150 crianças de 4 meses a quatro anos.

No dia 11 de julho, o prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB), ao lado de familiares de Dona Zinha, diretores da prefeitura, vereadores Gabé (PTB), Célio (PSB), Laércio (PPS), Zé Luís (PPS), Canarinho (PSDB) e Guilherme Nicolau (MDB) e pais de alunos entregou a escola à comunidade, depois de uma intensa reforma, além da solução dos dois principais problemas da unidade: a falta de ligação com a rede de abastecimento de água e à rede de esgoto.

A cerimônia teve início no final da tarde da quarta-feira. Foi lida a biografia da homenageada, destacando o papel de Dona Zinha em obras sociais e diversos projetos de amparo à população carente, além de sua atuação na política, como vereadora.

O prefeito apresentou a equipe da Educação que vai ficar responsável pela unidade, como a diretora Bell Costa, que agradeceu a toda equipe pela confiança, lembrando que atua na educação municipal há 18 anos e destacando a importância do trabalho em conjunto na área.

O vereador Zé Luís (PPS) lembrou do exemplo de Dona Zinha tanto na área social quanto em seu trabalho na Câmara. Ele também observou a importância de um trabalho sério com os recursos públicos, que possibilitam a realização de obras importantes à população, como a creche.

Célio Santa Maria lembrou que no início da gestão, a falta de vagas em creche era um grande problema, mas que começa a ser amenizado com o início das atividades da creche e a construção de outras unidades que estão em andamento.

Educação

O prefeito Amarildo também enalteceu o trabalho de Dona Zinha e a importância de seu legado para Vargem, lembrando que ficou muito satisfeito em poder colocar o seu nome na creche que teve início no seu primeiro mandato.

Ele disse que toda a equipe que vai gerir a escola já está há meses preparando a unidade e fazendo treinamentos em outras escolas da rede. Citou nominalmente cada membro da equipe e apresentou cada um deles aos presentes. “Essas pessoas farão a diferença na creche. Não importa a função que você escolheu, faça um pouco mais que a obrigação Ninguém precisa agradar ao prefeito. Agradem os clientes de vocês, que são as crianças e os pais. Façam o melhor”, afirmou.

Histórico

Amarildo contou ao público presente que a creche foi uma conquista de 2011 e o convênio assinado em maio de 2012, no valor de R$ 1,8 milhão na época, mais R$ 166 mil para o mobiliário.

A unidade foi inaugurada em dezembro de 2016 pelo ex-prefeito Celso Itaroti, porém sem ligação à rede de água ou esgoto. Itaroti tentou construir uma fossa séptica no local, mas o projeto foi rejeitado pela Câmara.

A atual gestão precisou investir na ligação da rede de esgoto e também no abastecimento de água. Como a obra ficou um ano e meio parada, foi necessário recuperar alguns pontos do prédio e também reconstruir o muro, que tombou no vendaval de outubro de 2016. De acordo com o prefeito, esses reparos mais a instalação de chuveiros e torneiras, sem contar com a ligação de água e esgoto, ficou em R$ 265 mil.

Déficit

O prefeito lembrou que atualmente a rede municipal mantém cerca de 560 alunos nas creches. Ao assumir, havia um déficit de 600 vagas. De acordo com Amarildo, esse número caiu, mas ainda é preocupante.

Para amenizar a situação, a prefeitura está com obras de novas creches em andamento no Jardim Ferri, No Jardim paraíso II e na Cohab Alceu Morandin. Cada uma com capacidade para cerca de 150 alunos.

No entanto, o prefeito comentou aos presentes que as obras da unidade do Jardim Paraíso II estão paradas, uma vez que a construtora alegou não ter mais condições de tocar o serviço. A empresa foi notificada e a prefeitura aguarda os trâmites legais para que os trabalhos sejam retomados.

A prefeitura também irá construir mais quatro salas de aula ao lado da Creche Dona Cezarina em uma área que está sendo desapropriada e vai reformar a escola Mário Beni.

De acordo com o prefeito, a expectativa é acabar com a fila de espera até o final do mandato.

“Não existe nada que dá mais prazer do que inaugurar uma escola, uma creche. Certamente daqui vai sair quem vai ajudar a resolver os problemas da cidade e promover as mudanças que esta geração nossa não está sendo capaz de resolver”, disse o prefeito.

Família

Toninha Buzato, uma das filhas de Dona Zinha, agradeceu a todos os presentes, aos vereadores e prefeito pela solenidade. “Em nome dos meus irmãos, da minha família, tenho certeza que Dona Zinha está participando desse evento maravilhoso. O seu legado maior foi fazer a caridade. Desde pequenos víamos nossa mãe fazendo enxovalzinho, ajudando o próximo. Como filhos, queremos dar continuidade nos trabalhos que ela deixou de exemplo. De cabeça erguida, bato na porta e sou bem acolhida pedindo doações. Ao povo de Vargem, que Deus dê saúde e anos de vida para continuarem ajudando a praticar aquilo que Dona Zinha quis”, disse.

Bênçãos

Da paróquia de Santa Luzia e São João Paulo II, padre Marcelo, falou sobre a importância da educação para as crianças e abençoou a nova creche. Já o pastor Anderson José da Silva, da Igreja Sara Nossa Terra, comentou que as escolas precisam incentivar as crianças a sonharem e destacou a importância da educação e parabenizou a todos. Ao final, foi descerrada a placa que marca o início das atividades da unidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui