Vargengrandense recebe medalha de prata em Olimpíada de Matemática

0
533
Otávio recebeu o certificado em cerimônia relizada na Unicamp. Foto: Arquivo Pessoal

O estudante Otávio Henrique Barbosa Soares de 14 anos de idade recebeu a medalha de prata da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) do ano passado.

Otávio é aluno do 8º ano da Escola Estadual Gilberto Giraldi e na 12ª edição da OBMEP realizada no ano de 2016, ele já havia ganhado o certificado de menção honrosa pelo seu bom desempenho na prova. Em 2017, na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática ganhou a medalha de prata e na edição deste ano ele foi classificado para a segunda fase que foi realizada no dia 15 de setembro, mas não pode participar.

A premiação da OBMEP 2017 foi realizada na última segunda-feira, dia 17, na Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (CDC) da Universidade Estadual Paulista na cidade de Campinas (Unicamp). A Gazeta de Vargem Grande conversou com Otávio para saber como foi participar da prova e sobre a conquista da medalha de prata.

Questionado o que havia achado do nível da avaliação e como ele tinha se preparado para fazê-la, Otávio respondeu que a prova foi um pouco difícil e que estudou os testes das edições anteriores. Ele também comentou que achou inesperada a classificação obtida por ele na OBMEP e que pretendia participar da prova da Olimpíada que foi realizada no último sábado, dia 15, porém no dia ele não estava se sentindo bem e acabou não indo. Otávio também informou a Gazeta que pretende participar novamente da Olimpíada Brasileira de Matemática no próximo ano.

A diretora da escola, Elaine Pinheiro, também falou um pouco sobre o aluno. “Otávio é um dos muitos talentos que temos em nossa escola, e como ele outros alunos se destacam e fazem toda a diferença na vida de nós professores que lutamos por uma escola mais justa, democrática, participativa e acima de tudo que saiba trabalhar de maneira a atender a todos e a cada um em suas necessidades e potencialidades, com um olhar sempre voltado para o que cada aluno tem de melhor em sua essência. Assim, teremos no futuro, jovens e adultos mais sensíveis, tolerantes, justos. Teremos cidadãos conscientes de seu papel transformador da sociedade”, disse.

O que é a OBMEP?

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas do país. É realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Ela é promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

A OBMEP foi criada no ano de 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área. Ela tem como objetivos principais estimular e promover o estudo da matemática; contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, possibilitando que um número maior de alunos brasileiros possa ter acesso a material didático de qualidade; identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso em universidades, nas áreas científicas e tecnológicas; incentiva o aperfeiçoamento dos professores das escolas públicas, contribuindo para a sua valorização profissional; contribuir para a integração das escolas brasileiras com as universidades públicas, os institutos de pesquisa e com as sociedades científicas; promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento.

O seu público alvo é composto de alunos do 6º ano do ensino fundamental até o último ano do ensino médio. No ano passado mais de 18 milhões de alunos participaram da OBMEP.

Otávio recebeu o certificado em cerimônia realizada na Unicamp. Foto: Arquivo Pessoal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui