Colocando o sonho em risco

0
550

O déficit habitacional em Vargem Grande do Sul é muito alto. No último processo de credenciamento de famílias, mais de cinco mil pessoas se inscreveram para concorrer a uma das unidades construídas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU) na cidade.
Todos os inscritos precisam apresentar uma farta documentação e depois ainda se arriscam no sorteio. Na última oportunidade, em março de 2014, foram 4.499 famílias inscritas que concorreram a 256 casas do Conjunto Habitacional Antônio Ribeiro Filho. O sorteio foi realizado no Estádio Municipal Dr. Gabriel Mesquita, a Vargeana, que ficou lotado.
Em dezembro de 2014, houve uma grande festa com a presença do governador na época, Geraldo Alckmin, para entregar as chaves das residências aos moradores. Mas se 256 famílias conseguiram dar início à realização do sonho da casa própria, outras mais de 4.200 não tiveram tanta sorte e continuam lutando com aluguel.
Com tantas pessoas esperando novos projetos habitacionais, como o financiado pela CDHU, que oferece moradias com prestações subsidiadas pelo Governo do Estado, quando há denúncia de que uma pessoa sorteada para ter o benefício, resolve vender ou alugar o imóvel, é imprescindível que haja uma fiscalização intensa.
Nessa semana, a CDHU veio até a cidade averiguar informações de que alguns sorteados estavam vendendo ou alugando suas casas. Caso seja verdade, que seja apurado e que essas casas sejam designadas às famílias suplentes.
É preciso cuidar desse investimento com muito cuidado, uma casa de CDHU, subsidiada com dinheiro público não é para ser comercializada como qualquer imóvel, pois antes de tudo, se trata de uma ação social. E milhares de famílias estão esperando a chance de realizar este sonho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui