Clima eleitoral em Vargem Grande do Sul começa a esquentar

0
954
Amarildo responde a vídeo questionando boatos sobre acidente com caminhonete

Os mais de 30 mil eleitores vargengrandenses vão às urnas em duas semanas para escolher o próximo prefeito e os 13 vereadores que estarão na Câmara Municipal para os próximos 4 anos. Com a pandemia da Covid-19 e todas as medidas necessárias de isolamento social, o famoso corpo-a-corpo com o eleitor precisou de adaptações e o amplo uso das redes sociais ganhou intensidade.
Ainda assim, o tom usado pelos dois principais protagonistas da disputa, os candidatos a prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) e José Carlos Rossi (PSD) estavam mantendo um bom nível, cada um usando suas redes para divulgar suas propostas e tirar dúvidas dos eleitores.
No entanto, como em toda eleição, há aqueles que se dispõe a fazer o serviço sujo. Por baixo do pano, vão inventando notícias, espalhando rumores, fabricando fofocas, para contaminar a campanha. E com a Internet, e usando a tecnologia para disseminar com maior rapidez as Fake News, usam perfis falsos em redes sociais para atingir o maior número possível de pessoas, sem se preocupar com as consequências.
Nas eleições municipais de 2020 em Vargem Grande do Sul, há algumas semanas as mentiras já corriam soltas nos bastidores políticos, ganhavam rodas de conversas que apesar da proibição de aglomeração continuam existindo e por fim, motivaram um morador a postar um vídeo em seu perfil no Facebook questionando Amarildo sobre um boato que escutou.
Claudemir Nicolo, o conhecido Trovão, publicou no final da manhã de quinta-feira, dia 29, um vídeo perguntado se procedia a informação de que uma caminhonete do Departamento da Saúde não estaria mais no almoxarifado municipal, pois estaria em uma oficina fora da cidade, uma vez que o filho do prefeito teria se acidentado com tal veículo. No vídeo, Trovão afirmou que esses rumores estão circulando na cidade há dias e que queria apenas tomar conhecimento da situação.
No vídeo, Trovão exigiu que Amarildo desse transparência à resposta, ressaltou ainda que o prefeito sabe quem é o candidato de sua preferência – e pelo seu perfil social no Facebook fica claro que se trata de José Carlos Rossi, uma vez que compartilha suas postagens – e ainda ameaçou inclusive acionar emissoras de televisão.
O prefeito Amarildo reagiu de maneira bastante firme, postando um vídeo mostrando a caminhonete e ainda relacionando os dias e horários que o veículo foi utilizado e quem o dirigia. Ressaltou que o almoxarifado possui sistema de monitoramento por câmeras que registra todos as movimentações do lugar e lembrou que essa não é a primeira vez que Trovão utiliza deste expediente para atacá-lo.
Amarildo ainda lamentou o fato de envolverem sua família em boatos maldosos. “Não envolva a família nisso. Família não. Família é algo sagrado”, repetiu. “Se o cidadão tivesse dúvidas, tem mil formas de esclarecer isso. Vai no setor de regulação, vai no almoxarifado. Esse veículo está aqui, tem câmera que registrada entrada e saída todos os dias” disse.
O prefeito afirmou ainda que pessoas ligadas à candidatura de Rossi estariam usando perfis falsos nas redes sociais para espalhar fake news. “Gente, se tem uma coisa que eu me orgulho é do meu passado”, afirmou. “Podem procurar, porque não vai encontrar, a não ser que inventem, como esse cidadão acabou de fazer no caso da caminhonete”, disse. “Agora, se querem falar do passado, vamos falar do passado. Eu me orgulho do meu. O meu adversário será que se orgulha do dele? Podemos falar dos 13 processos, da prisão, da condenação e não devolução do dinheiro que foi condenado, que dá R$ milhões e milhões. Vamos falar sobre isso ou vamos manter em outro nível? Estou disposto a fazer o que o adversário quiser, basta dar as cartas”. afirmou o prefeito.

Rossi
Ainda na noite de quinta-feira, o ex-prefeito Rossi, adversário de Amarildo nas urnas, usou o Facebook para responder a Amarildo. “Boa noite, esse vídeo é uma resposta ao prefeito Amarildo. Em um de seus vídeos, o senhor fala a respeito da história de um cidadão e uma suposta caminhonete. Não vou entrar em detalhes, mas vamos lá. Gostaria de dizer que não tenho nada a ver com isso. Sinto muito por você, mas alguns pontos devem ser esclarecidos, pois você me mencionou. Primeiro ponto, eu não tenho assessor político e nem verba pra gastar com isso. segundo ponto, se você não gostou de ter sido questionado por alguém, é um direito seu. Agora me diga o que tenho eu a ver com isso? Então toda vez que alguém grava um vídeo lhe questionando você vai querer pôr na minha conta? Pode dormir tranquilo, faz a sua campanha aí e deixa eu e meu vice fazer a nossa aqui. Muito obrigado, desejo de coração saúde pra você e sua família”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui