Página da Gazeta de Vargem completa 10 anos no Facebook

0
292
Publicação de 2012, mostrava o problema da água suja em casas na Cohab

A página da Gazeta de Vargem Grande no Facebook completou 10 anos no ar na segunda-feira, dia 12 de julho. Nesta década de presença na principal rede social da Internet até a atualidade, a Gazeta somou milhares de postagens, contribuindo para a democratização da informação em Vargem Grande do Sul, sempre norteada pelos mesmos princípios que acompanham o jornal desde sua fundação há 40 anos: a busca pela verdade dos fatos e a pluralidade de opiniões.
Ao fazer uma consulta sobre as primeiras postagens feitas na página, não foi possível encontrar as primeiras publicações. No entanto, é possível localizar as postagens a partir de janeiro de 2012. A página ainda tinha poucos seguidores e as publicações não eram tão constantes.
Atualmente, a página da Gazeta no Facebook é bastante movimentada, com a divulgação de reportagens que foram inicialmente publicadas na edição impressa do jornal, reproduzidas no site da Gazeta, mas há também conteúdo exclusivo, com postagem de fotos, vídeos e até promoções, com sorteios de prêmios.
Na pesquisa feita pela reportagem, foi verificada que a primeira postagem disponível para visualização é a da queixa de moradores da Cohab com a água suja que estava chegando em suas casas. A matéria foi curtida por 8 pessoas, comentada por 9 e compartilhada por 10 internautas.
Para se ter uma dimensão da evolução do alcance da página da Gazeta, um mesmo tipo de publicação, no caso, uma foto postada no dia 1º de julho, informando a população sobre a chegada da onda de frio que provocou geada em Vargem, alcançou 23,2 mil pessoas, teve mais de 560 curtidas e 110 compartilhamentos.
A publicação do link da reportagem do site da Gazeta informando sobre a convocação do atleta Paulo Guerra para os Jogos Paralímpicos de Tóquio registrou mais de 1,6 mil curtidas, 248 comentários e alcançou mais de 19 mil pessoas. Já a entrevista com Kaio Lima, que contou sua trajetória e os desafios de ser um homem trans em Vargem alcançou mais de 21 mil pessoas e rendeu mais de 2,3 mil visitas ao site da Gazeta.

Página é seguida por mais de 25 mil internautas

Desde sua criação, até esta semana, a página da Gazeta no Facebook vem ganhando diariamente seguidores. Atualmente, são mais de 25,1 mil internautas que acompanham as notícias postadas e interagem bastante com a Gazeta. Desde sugestões para reportagens, até alerta sobre alguns equívocos e críticas ao posicionamento do jornal, cobrança ao poder público, piada com algumas situações ocorridas, enfim, um verdadeiro espaço democrático.
Com os recursos disponíveis pelas métricas das redes sociais, é possível verificar o perfil do seguidor da Gazeta. A maioria é mulher, de 25 a 34 anos.
Pelos dados apresentados, 64% dos fãs da página da Gazeta são mulheres, a maioria (19%) entre os 25 e 34 anos e (16%) dos 35 aos 44 anos. Já os homens correspondem a 35% dos fãs, sendo 12% do público total os que estão na faixa dos 25 a 34 anos e 9% entre 34 e 44 anos.

Público
Também é possível constatar que a Gazeta tem fãs morando fora do Brasil, e é acompanhada por seguidores de vários cantos do mundo, sendo os principais: EUA, Portugal, Itália, Japão, Canadá, Índia, Espanha, Reino Unido e México.
E se a imensa maioria dos seguidores reside em Vargem, a página também é acompanhada por moradores de São João da Boa Vista, Casa Branca, São Sebastião da Grama, São Paulo, São José do Rio Pardo, Itobi, Poços de Caldas, Divinolândia, Aguaí, Campinas, Mococa, entre outras.

Relevância regional
A página da Gazeta no Facebook também é um importante veículo na região. Ao se comparar com o número de seguidores de veículos de comunicação nas cidades vizinhas, a Gazeta fica atrás somente do jornal O Município, de São João da Boa Vista, que no dia 14 de julho, somava 26.814. No entanto, superava em número de curtidas, a TV União (24.710), Jornal Parabrisa (17.854) e a Gazeta do Rio Pardo, com 17.584 curtidas.

Fotos: Reprodução Facebook

Desempenho das postagens das últimas duas semanas
Público da página: mulheres são a maioria
Publicação de 2012, mostrava o problema da água suja em casas na Cohab
Postagem de 1º de julho de 2021 alcançou mais de 23 mil pessoas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui