Vargem recebe a casula e estola que pertenceram ao Pe. Donizetti

Depois de um trabalho de cinco anos, Vargem recebe vestimentas de Pe. Donizetti para exibição

Um dos grandes objetivos do Departamento de Cultura era ter em seu acervo, algum objeto pessoal do Beato Donizetti. Assim, desde 2017 a diretora de Cultura Márcia Aparecida Ribeiro Iared, a assessora Lurdinha Dutra e o assessor Lucas Buzato, que também é o gestor do processo para a vinda do objeto, iniciaram o estudo para esta conquista.
Foram cinco anos de trabalho nesse sentido, inúmeros ofícios com extensas argumentações, idas a Cúria, visitas às cidades de Tambaú, até mesmo verificações junto ao Vaticano. Para os envolvidos, este objeto firmaria em Vargem Grande do Sul o vínculo com o Beato que foi responsável pela paróquia de Sant’Ana de 1909 até 1926, deixando no município uma história de cuidados com os pobres e as crianças.
Enfim, com a colaboração do padre Luís Fernando da Silva, hoje trabalhando na cidade de São João da Boa Vista e por decisão do então bispo Dom Davi Dias Pimentel, além da pronta disposição sobre a doação do padre Paulo Sérgio de Souza, pároco do Santuário de Tambaú e as zeladores da casa Museu “Padre Donizetti”, em março deste ano, Lucas e Lurdinha estiveram em Tambaú para buscar o objeto que até então não se tinha a confirmação do que seria.
“Desde que iniciamos as conversas sobre trazer para a cidade algo que fosse do Beato Padre Donizetti, eu tinha um desejo grande de que fosse uma vestimenta, mas tinha ciência de que isso era quase impossível. Mas naquele dia em Tambaú, quando olhamos para as mãos do vigário Agnaldo José dos Santos e vimos que era uma vestimenta, acabamos nos emocionando”, comentou Lucas.
Assim, desde a abertura da Exposição “Via Crucis: Um Marco de Fé em Vargem Grande do Sul” a casula (uma vestimenta litúrgica) e a estola do Beato ficarão expostos para que todos possam visitá-las e assim possam conhecer mais sobre a história do Beato em Vargem Grande do Sul.

Vestimentas de Pe. Donizetti

Serviços
A exposição pode ser visitada de segunda à sexta das 9h às 11h e das 13h às 17h na Casa da Cultura, à Rua Major Correa, nº 505. Para agendar visitas com grupos ou escolas com monitoria, é preciso agendamento pelo telefone (19) 3641-6199.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui