Prefeitura inicia desassoreamento da barragem

0
887
Draga já está na barragem para o serviço. Foto: Prefeitura

A Barragem Eduíno Sbardelini vai passar por um processo de desassoreamento com uma draga. O equipamento já está no lago da represa e o serviço deve ser iniciado em breve, conforme explicou o diretor de Meio Ambiente, Marcelo Cossi. “A operação já se iniciou, porém ainda em fase de ajustes. Em relação à previsão para o término, não conseguimos afirmar uma data precisa, devido à fatores adversos, entre eles climáticos e manutenção de maquinário”, informou.
De acordo com ele, serão retirados inicialmente 2 mil metros cúbicos de material. “Mas acreditamos em um volume de no mínimo 5 mil metros cúbicos. A continuidade no processo de desassoreamento, dependerá da situação financeira da Prefeitura Municipal”, explicou. De acordo com o diretor, todo o material extraído no processo de desassoreamento, será utilizado pela própria prefeitura.
Conforme a ata de registro de preços 029/2017, a vencedora do pregão para a realização do serviço foi a empresa GL Extração de Argila e Transportes Ltda EPP, com o valor de R$ 25,00 o metro cúbico.
Para obtenção de informação em qual local possui mais concentração de areia, foi realizada uma análise empírica, utilizando-se de uma régua, chegando a conclusão que a região central para a superior, é o local que tem o maior acúmulo de sedimentos, explicou Marcelo.
A Gazeta também perguntou qual é a capacidade atual da Barragem Eduíno Sbardelini, mas o diretor relatou que não dispõe dessa informação. Sobre possíveis prejuízos de se começar o serviço de desassoreamento durante a época de chuva, Marcelo observou que as condições climáticas podem causar transtornos, mas nada que comprometa decisivamente a sua operação.

Draga já está na barragem para o serviço. Foto: Prefeitura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui