Eleitores devem se preparar para o dia 7 de outubro

0
680
Eleitores devem se preparar para o dia 7 de outubro. Foto: Divulgação

O primeiro turno das eleições para deputado estadual, deputado federal, senadores, governador e presidente será no dia 7 de outubro. E os eleitores devem ficar atentos para evitar problemas.

Vargem Grande do Sul compreende a 229ª Zona Eleitoral. A cidade mantém os colégios eleitorais nas escolas Dom Pedro II, EE Gilberto Giraldi, EE José Gilberto de Oliveira Souza; EE Alexandre Fleming; EE Benjamin Bastos; EMEB Francisco Riberio Carril; EMEB Antônio Cury; EMEB Nair Bolonha e EMEB Professora Darci Troncoso Peres de Carvalho. No dia das eleições, os portões dos colégios ficarão abertos das 8h às 17h.

Segundo Silvio Luis D’amico, do Cartório Eleitoral, em Vargem há 31.223 eleitores aptos para essa votação. A eleição seguirá os costumes de sempre, sem fazer uso da biometria, já que a cidade ainda não teve este procedimento tornado obrigatório, como em cidades da região, como Aguaí, São Sebastião da Grama e Divinolândia. “Não faremos uso da biometria e essa não será uma eleição híbrida, ou seja, de coleta de dados. A biometria não será usada, pois no município a biometria obrigatória só terá inicio a partir de janeiro do ano que vem”, diz Silvio.

No dia da eleição, é necessário que os eleitores estejam com um documento oficial com foto em mãos. “Os eleitores que já fizeram a biometria podem baixar o aplicativo e-Título na Play Store e inserir os dados, assim já aparecerá o título da pessoa no celular e aparecendo a foto, ela pode levar apenas o celular com o aplicativo do e-Título, dispensando a obrigatoriedade do documento oficial com foto”, informou Silvio.

Atenção

Ele contou que, na cidade, a maior e mais importante mudança será na Escola Estadual Gilberto Giraldi. “Devido a problemas estruturais na escola, três salas estão interditadas e os eleitores que votam nas sessões 38, 54 e 59 terão que votar na EMEB Darci Troncoso Peres de Carvalho”, informou.

A escola fica na rua Hermenegildo Cossi, 1122, no Jardim Fortaleza e as salas estarão todas numeradas. “A escola Darci já tem quatro outras sessões e agora terá mais essas três provisoriamente. A mudança será apenas para essa eleição e caso aconteça a reforma necessária na escola Gilberto Giraldi, as sessões voltarão para lá normalmente nas próximas eleições. Porém, para o primeiro e o segundo turno dessa eleição de 2018, os eleitores que votam no Giraldi devem ficar atentos com a mudança”, explica Silvio.

Justificando

Os eleitores que não estiverem no dia eleição no município, podem ir a qualquer colégio eleitoral na cidade onde esteja para justificar o voto na própria sessão. “O eleitor pode ir a qualquer escola fora do município que estiver tendo eleição e justificar na própria sessão, preenchendo um requerimento de justificativa que já prova que ela estava fora do município”.

Aqueles que não puderem ou quiserem se justificar nos colégios eleitorais, após a eleição, têm um prazo de 60 dias para que a justificativa seja feita. “Porém o eleitor deve ir ao cartório eleitoral para preencher um requerimento que será enviado ao juiz. Além do requerimento, o eleitor deve colocar um documento informativo como uma passagem, uma passagem aérea ou uma conta de um hotel que prove que ele não estava, de fato, na cidade”, informou Silvio. “Além das duas opções de justificativa de voto, há a opção de pagar a multa que é R$3,51 por cada turno que deixar de votar”, informou.

Votos

A eleição será relativamente grande e os eleitores terão que fazer seis votos diferentes. “Aconselhamos os eleitores a fazerem uma colinha com o número dos candidatos, evitando assim, atrapalhar e estender a eleição por muito mais tempo”, diz Silvio.

Publicidade

As regras de propaganda eleitorais mudaram bastante nessa edição e os eleitores podem denunciar quando verem uma propaganda eleitoral irregular. “A denúncia da propaganda eleitoral irregular pode ser feita pelo sistema de Denúncia Online pelo site do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo, porém o eleitor deve ficar atento às regras do sistema, pois só é aceito denúncias de propagandas irregulares. Para denúncias de compra de voto, por exemplo, a pessoa tem que ir ao cartório eleitoral de seu município ou ir ao Ministério Público para fazer a denúncia” informou Silvio.

Mesários

De 17 ao dia 21 de setembro, na Casa da Cultura, às 19h30, será realizado o curso para as pessoas que irão trabalhar como mesários no dia 7 de outubro. Em Vargem Grande do Sul serão 382 pessoas divididas em cinco dias de curso.

Eleitores devem se preparar
para o dia 7 de outubro. Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui