Tentou esconder nome da PM, mas foi preso por tráfico

0
807
Tentou esconder nome da PM, mas foi preso por tráfico. Foto: Polícia Militar
Tentou esconder nome da PM, mas foi preso por tráfico. Foto: Polícia Militar

Durante um patrulhamento de rotina pelo bairro Vila Santana, a equipe da Polícia Militar (PM) formada pelo cabo Cristiano e o soldado Amauri prendeu no último sábado, dia 24, um homem que era procurado da Justiça pelo crime de tráfico de drogas, desde janeiro deste ano.

De acordo com o histórico da ocorrência, durante o patrulhamento pelas ruas do bairro, por volta das 19h25 os policiais observaram uma cena que lhes chamou a atenção, pois no interior de um bar foi visto quando um homem, vestido com uniforme de uma empresa, recebeu algo de um indivíduo que até aquele momento era desconhecido.

Como o local é conhecido por ser ponto de tráfico e aquele gesto era típico da venda de drogas, os PMs resolveram abordar o rapaz que estava de uniforme depois que ele saiu do bar. Os policiais esperaram que ele se afastasse do local para efetuar a abordagem. Durante a revista, no bolso de sua calça foi encontrada uma porção de cocaína. O rapaz informou aos policiais que a droga era para seu consumo e que tinha acabado de comprá-la no bar e que não havia pagado por ela ainda, pois iria pagar R$ 50,00 no próximo sábado.

Os PMs pediram apoio de outra viatura e foram até o estabelecimento. Lá, o homem que vendeu o entorpecente foi questionado e informou aos policiais seu nome e que era de Minas Gerais, porém não apresentou documentos que comprovassem as informações.

O suspeito mostrou a casa onde estaria morando e que de acordo com ele, estaria abandonada. Na casa estava uma mulher, a qual negou que ele residisse no local e mesmo assim permitiu a entrada dos policiais, informando imediatamente que ela tinha uma porção de maconha para o seu consumo sobre um guarda roupa.

Ele confessou aos PMs que morava na casa de um outro indivíduo e que fica ao lado daquela residência. O morador da casa em que o rapaz informou morar é bastante conhecido dos meios policiais por envolvimento com o tráfico, pois foi até condenado e preso por este crime. Em contato com o indivíduo, o mesmo informou que estava acolhendo o rapaz em sua casa há cerca de uma semana e que ele era do estado de Minas Gerais, mas que não tinha documentos dele em sua residência.

Diante dos fatos, o homem abordado foi conduzido ao plantão policial junto com o rapaz para quem havia vendido a droga e a mulher. Na delegacia ele acabou confessando seu nome e em consulta via Copom foi constatado que ele é foragido da Justiça desde janeiro de 2018 pelo crime de tráfico de drogas. Assim, ele permaneceu preso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui