Como pequenas empresas e autônomos podem surfar na onda da crise

0
811

Lucas Tonim, publicitário

Talvez usar o termo “surfar na onda da crise” agora possa não soar muito bem, ou possa parecer um pouco clichê demais, no entanto não é novidade que são os tempos difíceis que formam grandes empreendedores.
Qualquer pessoa que se aventure a empreender no Brasil já é digno de aplausos, devido à todas as dificuldades que enfrentam ao desempenhar suas funções, mas hoje quero falar sobre oportunidades.
O mundo todo está precisando se encontrar na vida digital, e mesmo que o brasileiro passe em média 4 horas por dia nas redes sociais, colocando o Brasil em 2º lugar no ranking dos países que mais tempo ficam na internet, não são todos os negócios que sabem como gerir sua presença digital. E hoje empresas precisam aprender com urgência como se adaptar a este novo formato de trabalho, aqui no interior isto acaba sendo uma realidade um pouco mais difícil de se aceitar.
Mas como o profissional pode aproveitar a oportunidade para se reinventar nessa fase e se destacar de uma maneira positiva? Bom, hoje quero orientar para as principais redes sociais e como elas podem ajudar, claro que cada perfil de empresa ou profissional precisa de uma análise mais aprofundada para encontrar o caminho ideal para se firmar digitalmente, mas, agora é a hora em que os corajosos se destacam, será que você é um deles?

Whatsapp

Sim, pode parecer uma obviedade, mas o Whatsapp é de longe a maior ferramenta para que você possa estabelecer uma conexão com seus clientes. Mas é preciso se atentar à algumas atitudes que fazem toda a diferença:
Cordialidade: ao receber uma mensagem de um possível cliente, seja cordial, sua primeira resposta deve ser “bom dia ou boa tarde ou boa noite, como vai?”, ou o leve “olá, como vai?”. Mesmo que a pessoa te mande uma mensagem sem o cumprimento, e já vai direto ao assunto, você precisa mostrar que está feliz com o contato.
Vá além do óbvio: se o cliente perguntou sobre um produto ou oferta que você não tem, mas você sabe como ou quem pode resolver, dê a ele a resposta, com certeza na próxima vez o cliente irá se lembrar de você, e a tendência é retribuir o favor, o brasileiro gosta de ajudar.
Seja profissional: se o cliente te mandou uma mensagem, não fique enviando correntes, mensagens de cunho político ou religioso, você não sabe quais as opiniões do seu cliente e isso pode atrapalhar seu negócio. Se possível use um número diferente do seu pessoal para o seu negócio, de preferência utilize o Whatsapp Business, ele é próprio para empresas e tem funcionalidades que vão te ajudar muito.

Facebook

Não o seu perfil pessoal, mas uma página com todas as suas informações, contatos e principalmente fotos e vídeos dos trabalhos feitos por você, eles serão o testemunho da qualidade do seu serviço. Crie uma discussão, no melhor sentido da palavra, poste uma pergunta para saber como você pode ajudar as pessoas com o seu produto, ou procure compreender quais as necessidades que o mercado está apresentando, a chave para um novo produto ou serviço pode estar aí.

Instagram

Crie um perfil no instagram e abuse das fotos, não se esqueça, você está divulgando seus serviços e produtos. Essa ferramenta é muito visual, então quanto mais interessante for as fotos que você publicar, mais as pessoas irão acompanhar seu perfil e com isso sua marca estará sempre na mente do consumidor.
Stories também é uma ferramenta muito forte para engajar, você pode criar enquetes ou postar as fotos que seus clientes publicam com o seu produto ou serviço. Outro ponto importante para você saber como usar a seu favor são as famosas hashtags, tirando o Whatsapp, todas as outras redes sociais usam este ponto como segmentação, e você pode se colocar em evidência se souber usá-las. Vou explicar brevemente como fazer suas hashtags serem produtivas, suponhamos que sou um nutricionista e estou querendo divulgar um post sobre alimentação sem glúten:
Nicho – #nutrição #alimentação #saúde #vidasaudável
Conteúdo – #semgluten #livredegluten
Marca – #nomedoprofissional #nomedaclinica
Local – #cidade #bairro
Não coloque muitas hashtags, isso pode atrapalhar seu alcance, o indicado é usar 10 em cada postagem caso você tenha mais que 1000 seguidores, abaixo disso o número é um pouco mais modesto, caindo para 5 delas, fora disso você vai parecer desesperado por seguidores.
No início eu falei sobre surfar na onda da crise, e a oportunidade que existe nela é você sair na frente da sua concorrência com essas dicas, você pode usar o tempo livre para se aproximar de seus clientes e criar relacionamentos, crie uma rotina e pratique. Agora, que tal começar a usar essas dicas e inserir uma hashtag para que a gente possa se conhecer? Poste uma foto do seu produto ou serviço e use a #amovgs.
O futuro está on-line, você está pronto para falar com ele?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui