Vargem registrou mais mortes pela Covid-19

0
334
Voluntária faz doação de alimentos para a campanha promovida pela prefeitura

Os moradores de Vargem Grande do Sul lamentaram mais mortes na cidade causadas pela Covid-19 na última semana. Na quarta-feira, uma jovem de 28 anos morreu após dias de internação em Unidade de Terapia Intensiva. Ela estava grávida e foi necessário fazer o parto da criança, um menino que neste sábado, dia 3, completa 19 dias. Ela não resistiu às complicações e acabou falecendo.
Apesar da morte da jovem ainda ser calculada como suspeita, o prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) ressaltou que o caso dela era realmente decorrência da Covid-19. Assim, a cidade já soma 39 óbitos devido à doença, além de outras duas de outras causas, mas com a presença do novo coronavírus.
No sábado, dia 27, eram 36 mortes em decorrência da Covid-19 confirmadas, duas suspeitas, além dos dois óbitos por outras causas, mas com a presença do novo coronavírus.
De acordo com o boletim epidemiológico da quinta-feira, dia 1º de abril, o município registra 1.789 casos positivos desde o início da pandemia, sendo que 1.684 já se recuperaram. Vargem estava com 64 casos ativos e 70 pessoas seguiam em monitoramento, aguardando a data para a realização do exame. Além disso, 60 pacientes aguardavam o resultado de exame.

Internações
Na quarta-feira, dia 31 de março, Vargem atingiu o seu pior número de internações neste ano. Dos 16 leitos da ala de Covid-19 do Hospital de Caridade, 14 estavam ocupados com pacientes internados, sendo que 12 já tinham o diagnóstico da doença e outros dois casos ainda aguardavam o resultado do exame. Os dados se repetiram na quinta-feira.
Três moradores seguiam em Unidades de Terapia Intensiva. Conforme o explicado pelo prefeito Amarildo conseguir vaga em leitos de UTI segue difícil em todo Estado, a espera é de cerca de 72 horas.

Fase vermelha
Após o anúncio do governador João Doria em estender a fase vermelha do Plano São Paulo até o dia 11 de abril, a prefeitura publicou decreto com a regulamentação da nova data. A publicação também trouxe as novas penas para os comerciantes que forem flagrados desrespeitando as medidas, como suspensão do alvará, cassação em caso de reincidência e a apreensão de mercadorias.

Vacinação
A prefeitura seguiu com a campanha da vacinação contra a Covid-19 durante a semana, aplicando a segunda dose nos idosos de 69 e 70 anos de idade, na quinta-feira. O município já imunizou até as 15h da quinta-feira, dia 1º de abril, 5.205 moradores com a primeira dose e outros 2.317 com a segunda dose, de acordo com o Vacinômetro do governo do Estado.

Fotos: Prefeitura

Na quinta-feira, dia 1º de abril, foram vacinados com a segunda dose, idosos com 69 e 70 anos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui