Setembro Amarelo busca conscientizar sobre o suicídio

A campanha Setembro Amarelo visa alertar, conscientizar e sensibilizar a sociedade sobre a importância de falar sobre a prevenção do suicídio. Durante todo o mês, ações são divulgadas e medidas socioeducativas são realizadas em todo o mundo. Além das situações recorrentes na sociedade, que são abordadas todos os anos, o contexto da pandemia da Covid-19 também vem sendo apontado por diversos países e organizações científicas como um alerta para um aumento ainda maior nas ocorrências de suicídio e automutilação.
Isso ocorre devido ao agravo de riscos psicossociais, medo do contágio, ansiedade, isolamento social, luto e stress das tensões relativas à infecção. O momento e seu impacto na sociedade são mundialmente estudados, especialmente no âmbito da saúde, educação, economia e em demais questões sociais.
No Brasil, a campanha teve início em 2015 e o dia 10 de setembro é considerado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Contudo, o alerta sobre os sinais e a campanha de empatia devem permanecer durante todo o mês. Em Vargem diversas empresas e instituições abraçam a causa e se posicionam. O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) da cidade também aderiu à campanha.
A Prefeitura informou que o serviço de saúde mental da cidade disponibiliza acolhimento aos casos identificados, oferecendo escuta especializada, atendimento em psiquiatria e psicologia. Se você ou alguém que você conhece possui pensamentos suicidas, busque ajuda no Caps, à Rua Major Antônio Oliveira Fontão, nº 460, no Centro, das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira, ou pelo telefone (19) 3641-8171.
Além disso, você pode buscar apoio emocional e prevenção ao suicídio no Centro de Valorização da Vida (CVV), de forma gratuita, pelo telefone, e-mail ou chat 24 horas que estão disponíveis site www.cvv.org.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui