Investigação em Itobi termina com apreensão de notas falsas em Vargem Grande do Sul

No total, foram apreendidos R$ 7 mil em notas falsas. Foto: reprodução facebook Celso Itaroti

O delegado Celso Itaroti usou suas redes sociais para noticiar no dia 19, uma grande apreensão de notas falsas. Segundo informou, estava ocorrendo circulação intensa de notas falsas em Itobi. “Iniciamos um trabalho de investigação e descobrimos que o fornecedor era de Vargem Grande do Sul. Passamos a monitorá-lo e o abordamos nesta quinta-feira, com R$ 3 mil em notas falsas”, relatou em suas redes sociais.
O dinheiro falsificado estava dentro de envelopes bancários. “Ele pegava os envelopes em agências bancárias e colocava as cédulas neles, como se estivesse indo ao banco. E para disfarçar, o sujeito ainda levava junto o filho pequeno, fingindo que estava apenas passeando”, informou o delegado.
Após o flagrante, a Polícia Civil ainda foi ao estabelecimento comercial do homem detido, situado no Jardim Dolores, onde foram localizados mais R$ 4 mil em notas falsas, além de cinco folhas clonadas de cheque e um talão vazio.
Ele foi autuado em flagrante. Por se tratar de um crime federal, o caso foi levado à Polícia Federal, em Campinas. O detido foi colocado à disposição da Justiça Federal. “Vale destacar que as investigações prosseguem para desarticular todos os integrantes desta rede envolvida na distribuição de notas falsas”, informou o delegado Itaroti, que também recomendou a quem tiver recebido nota falsa que procure a delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência.
“É importante fazer o BO para colaborar com nossas investigações, pois assim poderemos rastrear todos os envolvidos nesta prática criminosa e manter atrás das grades aqueles que forem presos”, divulgou em seu perfil no Facebook.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui