Painel

Quem apoia quem?
Os candidatos precisam de apoio dos políticos locais para terem seus votos e parece que fidelidade a um político ou agremiação política ficou para trás nestas eleições. A nova política agora é a do pragmatismo. “Não importa a cor do gato, desde que ele cace o rato” é o que está prevalecendo.

Prefeito Amarildo
E ninguém mais pragmático em Vargem em questões políticas que o atual prefeito Amarildo Duzi Moraes. Ideologia é coisa do passado. Todo os políticos que de certa forma ajudaram Vargem, tem acento no seu vasto pedido de votos à população vargengrandense. Assim, que filiado ao PSDB, pede voto para deputado federal para Baleia Rossi, que é do MDB. Também trabalha para Arnaldo Jardim, que é do Cidadania.

Presidente da Câmara
O vereador Paulo Cesar da Costa, filiado ao PSB, está pedindo votos para o candidato a deputado estadual Rafa Zimbaldi, que é do Cidadania. Já para deputada federal, trabalha para sua madrinha política, Luiza Erundina, que é do PSOL.

Vereador Gláucio Mototaxi
O vereador do DEM, está pedindo votos para o candidato a deputado federal Bruno Ganem, que é do Podemos. Para deputado estadual, na sua página na internet, Gláucio pede votos para Barros Munhoz, do PSDB.

Voto tucano
Já o vereador Canarinho, que é presidente do PSDB em Vargem, está comprometido com os candidatos de sua legenda partidária, trabalhando para Vanderlei Macris para deputado federal e Barros Munhoz estadual. Como o PSDB não lançou candidato a senador por São Paulo, ele está apoiando Edson Aparecido do MDB. Para presidente da República, Canarinho não apontou ninguém para ser votado no ‘santinho’ que postou na sua página no Facebook.

Serginho da Farmácia
Filiado ao PSDB de longa data, o vereador tucano Antônio Sérgio da Silva, o conhecido Serginho da Farmácia também está fechado com deputados candidatos da sua legenda. Ele apoia Samuel Moreira para deputado federal e Vanderlei Borges, ex-prefeito de São João para deputado estadual, ambos do PSDB.

Ausente
Sempre muito presente nas eleições dos deputados, o ex-prefeito Celso Itaroti (PTB) parece um tanto ausente na eleição deste ano, não se expondo muito para qual candidato está apoiando. Ele sempre apoiou a candidatura do deputado estadual Campos Machado, que hoje está no Avante e foi uma das lideranças do PTB no Estado de São Paulo.

Também não se manifestou
Outro político importante da cidade, o ex-prefeito Celso Ribeiro, atual vice-prefeito, que é filiado ao Podemos, também não manifestou seu apoio a nenhum candidato a deputado nas redes sociais. Ao contrário do prefeito Amarildo, cujo exposição é diária pedindo votos aos eleitores vargengrandenses, Celso Ribeiro repostou um vídeo em seu Instagram do governador Rodrigo Garcia e em eventos tem defendido o governador Tucano e destacado sua relação de proximidade com Vargem através do prefeito Amarildo.

Vereador do União Brasil
O vereador Magalhães do União Brasil, não esconde suas preferências eleitorais de ninguém e é chapa fechada com os candidatos considerados de direita. Ele apoia Coronel Tadeu para deputado federal, Danilo da Bala para estadual, Astronauta Marcos Pontes para senador, Tarcísio para governador e Bolsonaro para presidente. Com exceção de Tarcísio que é do Republicanos, e é o nome do presidente para o Estado, os outros candidatos são todos do Partido Liberal, o PL.

Célio Santa Maria
O vereador Célio Santa Maria do PSB, trabalha para Caio França, que também é do seu partido e é candidato a deputado estadual e para deputada federal, Keiko Ota, que já foi do PSB e agora é candidata a deputada federal pelo MDB.

Candidatos locais
Os candidatos locais, tanto o Rossi, a deputado estadual pelo PSD, como a vereadora Danutta candidata a deputada federal pelo Republicanos, aparentemente não estão tendo o apoio dos vereadores de Vargem Grande do Sul. Rossi é muito ligado ao vereador Bertoleti, que é do seu partido e provavelmente deverá pedir votos para ele. Já Danutta não se tem conhecimento de nenhum de seus colegas vereadores pedindo votos para a candidata de Vargem Grande do Sul.

Lula pode ganhar no primeiro turno
A pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira, dia 29 de setembro, traz o candidato Lula do PT com 50% dos votos válidos no primeiro turno e Bolsonaro (PL) 36%. Ciro (PDT) tem 6% e Tebet (MDB) 5%. Lula está no limite da vitória na primeira rodada, como disse o jornal. No segundo turno, Lula ganharia com 54% e Bolsonaro teria 39%, segundo a pesquisa. Para governador, a pesquisa aponta Haddad do PT com 41% dos votos válidos, Tarcísio do Republicanos 31% e Rodrigo Garcia do PSDB com 22%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui