Dupla é presa pela Polícia Civil por roubo e cárcere privado

Quatro pessoas foram presas na ocorrência. Foto: Policia Civil

A Polícia Militar de Vargem Grande do Sul foi acionada para atender ocorrência sobre roubo de veículo na quarta-feira, dia 23, na Cohab VI. No local dos fatos, a vítima declarou que é homossexual e usuário de entorpecentes, morador de cidade vizinha e que trabalha em Vargem Grande do Sul.
Ele contou que na terça, dia 22, no horário de ir embora estava chovendo e que uma amiga lhe emprestou o veículo Corsa prata e com o capô queimado para retornar à sua cidade de origem, porém ao invés de retornar, se envolveu com alguns rapazes e pousou na casa deles. Informou que tiveram relações sexuais e fizeram o uso de muita cocaína e que apenas se recorda da casa ser na Cohab.
Declarou ainda que foi acordado por três outros indivíduos, que pegaram o seu celular e lhe obrigaram a fazer algumas transações de diversos valores pelo Pix. Informou que estava sob grave ameaça, que tiraram a chave do veículo Corsa que estava em seu bolso e também roubaram dois cartões de banco com as respectivas senhas.
Posteriormente, os rapazes colocaram a vítima no carro à força e andaram pela cidade por meia hora. O veículo foi em sentido São João da Boa Vista, entrando em uma estrada de terra à direita, próximo ao Motel Free. Eles diziam à vítima a todo momento que iriam lhe amarrar, amordaçar e enterrar vivo, em outros momentos dizendo que iriam lhe dar um tiro na cara.
Durante todo o trajeto, um deles se mostrava mais violento enquanto tentava desbloquear o seu celular, enquanto o outro questionava insistentemente sobre os seus cartões e senhas, sempre ameaçando a vítima de morte.
Naquele momento, exigiram que a vítima lhes entregasse todo o dinheiro de sua carteira e os cartões que funcionavam por aproximação, tendo também informado as senhas dos cartões. O veículo permaneceu em movimento, até que chegaram à Cohab VI por uma estrada de terra, momento em que o celular ficou inativo por cinco minutos devido às insistentes tentativas de desbloqueio.
No local, o motorista fez a volta com o veículo e retornaram para uma estrada de terra, dizendo que iam acabar com aquilo naquele momento. A vítima pulou do carro com ele em movimento, correndo sentido bairro e gritando por socorro, enquanto um dos rapazes também desembarcou do veículo e correu para pegá-lo.
A vítima correu até um posto de saúde, onde conseguiu ajuda e foi acionada a Polícia Militar, que o conduziu até a Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado Antônio Carlos Pereira Junior prosseguiu com diligências juntamente com sua equipe de investigação.

Investigação
O investigador verificou que o celular subtraído estava ligado, sendo possível rastreá-lo. Ele foi encontrado pelo investigador e pelo delegado. Enquanto isso, o agente policial ficou ao lado da vítima, enquanto ela mantinha contato com seus bancos, sendo possível verificar que o cartão de um deles havia sido utilizado instantes antes em alguns estabelecimentos no Jardim Paulista.
Em uma loja de conserto de celulares, foi possível verificar que o rapaz havia realizado um pagamento através do cartão do banco pertencente à vítima. Assim, saíram à sua procura. Ele foi localizado próximo a sua residência, que fica nas proximidades. Ao ser indagado sobre o pagamento que havia acabado de realizar, confessou que realmente havia utilizado um cartão do banco.
Ele disse que o cartão havia sido entregue por uma dupla. Na casa dele, na Rua João Osório Teixeira, foram encontrados todos os produtos adquiridos por ele com o cartão roubado. O investigador foi informado pelo agente policial que o outro cartão da vítima tinha acabado de ser utilizado em um supermercado na Avenida Santa Terezinha.
Naquele local, foi apurado que um rapaz, até então desconhecido, acompanhado de uma moça, realizaram duas compras com o outro cartão da vítima. Foi localizada e identificada uma adolescente, que alegou que acompanhava um rapaz.
O investigador, juntamente com o delegado, encontrou a dupla que havia pego o cartão, feito algumas compras e sacado dinheiro, inclusive dando uma parte para o criminoso, que confirmou o ocorrido, dizendo que havia subtraído os cartões e o celular juntamente com outro rapaz. Informou que a dupla havia deixado o veículo e o cartão, que foi apreendido.
O outro criminoso foi localizado na quarta-feira, dia 23. Ele estava foragido do sistema prisional desde 19 de setembro, quando recebeu o benefício da saída temporária. A dupla foi autuada em flagrante por roubo qualificado e associação criminosa, enquanto os demais também foram autuados em flagrante por receptação e associação criminosa, sendo todos recolhidos à Cadeia Pública de São João da Boa Vista. A ocorrência terminou com os autores do roubo presos, assim como duas pessoas que haviam recebido da dupla os cartões roubados da vítima. A adolescente foi liberada para a sua mãe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui