Advogada doa mais de 100 livros para o acervo da Biblioteca Municipal

0
730
Advogada doa mais de 100 livros para o acervo da Biblioteca Municipal

A advogada Miroel Alves de Souza doou nesta semana cerca de 140 livros para a Biblioteca Municipal Victor Lima Barreto, pertencentes ao seu acervo pessoal.

Em reportagem da prefeitura, Miroel relatou que desde que a atual Biblioteca Municipal ficou pronta, sempre que possível, doa seus livros para que outras pessoas possam experimentar o fascínio de se ver transportada para uma nova realidade, conhecer lugares e pessoas fictícias ou não e enriquecer seu vocabulário.

“Fico muito feliz e realizada quando encontro alguém que diz que acabou de ler um livro que doei e que gostou tanto que já ia pegar outro. Minha primeira experiência com a leitura foi na antiga 5º série, quando através das aulas de português, ministradas pela senhora Célia de Oliveira, éramos ‘obrigadas’ a ler: José Mauro de Vasconcelos, Machado de Assis, Joaquim Manoel de Macedo, entre outros”, recordou.

Para a advogada, apesar da tecnologia proporcionar a leitura digital, o papel ainda é importante. “O cheiro de um livro impresso, o poder de grifar as passagens marcantes, e o fascínio de alguns personagens é como um vício, é uma viagem, é um momento de ficar só, mas não solitária. Tem um ditado não tão popular que diz: ‘quem gosta de ler, nunca está sozinho”, afirmou.

A diretora do departamento de Cultura e Turismo, Márcia Iared destacou a importância da doação. “Diante da atual crise que estamos passando, receber essa quantidade de livros por uma vargengrandense apaixonada por leituras é muito gratificante. Sem contar que essa não foi a primeira vez que Miroel doa seus livros para nossa Biblioteca. Parabenizo em nome de todos os vargem-grandenses e principalmente por nossos leitores”, agradeceu.

“Se pudesse dar um conselho a quem gostaria de iniciar neste mundo fascinante, diria: comece com os best-sellers, depois parta para aqueles que originaram um filme, uma minissérie, uma peça teatral, após isso, procure descobrir o gênero que mais lhe agrada: romance, policial, ficção científica, biografias e importante, não se obrigue a terminar um livro que, após algumas páginas, você percebe que não gosta, faça disso um hábito, e quando perceber notará que não ficará mais nenhum dia sem os folhear”, finalizou Miroel.

Aos interessados em fazer a carteirinha para retirar algum livro é preciso levar cópia de comprovante de residência e RG; menores de 16 anos precisam de autorização dos pais ou responsável. O empréstimo do livro é realizado para o período de 15 dias. Para mais informações, a Biblioteca Municipal fica localizada à Rua Batista Figueiredo, nº 235 no Centro.

Foto: Prefeitura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui