Cooperbatata realiza assembleia

0
1092
Lucas, Paulo, Beto e Regis durante a homenagem a Paulo, um dos mais antigos membros da Cooperbatata. Foto: Reportagem

Na manhã do último domingo, dia 25, a Cooperbatata realizou sua assembleia geral. A reunião, realizada no auditório da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Vargem, contou com a participação de dezenas de cooperados. Entre os temas importantes decididos, estava a nova composição do conselho fiscal.
Foi realizada a prestação de contas dos órgãos de administração, acompanhado do parecer do conselho fiscal e auditoria externa, aprovação de contas do exercício 2017, decidido a destinação dos resultados apurados, entre outros. Durante a assembleia, houve a eleição do Conselho Fiscal para 2018/2019, que ficou composto pelos membros titulares Helio Donisetti Lopes de Almeida, Décio Longuini de Andrade Dias e Pedro Marão Neto. Como suplentes, Claudinei Donizette Canela, Júlio César Canela e Walter Josué Gomes Ruy.
A diretoria executiva da Cooperbatata é composta pelo presidente Lucas Lemos Ranzani e o vice-presidente Carlos Alberto Oliveira Filho. O Conselho Administrativo é formado por Daniel Rosseto, José Donizetti Gomes, José Flávio Siqueira do Amaral, José Paulo Zan, Luís Paulo Gomes, Rudney Ricardo Dotta e Tadeu Aparecido da Costa.
Decisões
Entre as decisões tomadas durante a assembleia está a de que a cooperativa passará a devolver o capital social nas sobras do exercício, quando atingirem as determinadas regras, como o cooperado possuir mais de 65 anos e ter capital social em valor superior a R$ 1 milhão; o cooperado com mais de 70 anos e possuir capital social superior a R$ 500 mil; o cooperado ter mais de 75 anos de idade e manter capital social em valor superior a R$ 300 mil, o capital excedente será devolvido ao cooperado. Já o cooperado com idade superior a 80 anos terá direito ao recebimento de 50% do capital social integralizado. Neste caso, Paulo Zan, um dos mais antigos membros da Cooperbatata, foi homenageado e recebeu um cheque simbólico ao final da assembleia.
Um momento de muita emoção foi também a homenagem feita ao produtor Paulo Rui Dotta, que faleceu há alguns meses e era membro ativo da cooperativa. Além disso, foi criado um Fundo Estatutário para Ampliação e Modernização.

Avaliação

Na avaliação da direção da cooperativa, 2017 não foi bom para a agricultura, mas para a Cooperbatata foi um ano positivo, tendo uma sobra de R$ 3.623.234. Após as constituições das reservas, ficaram a disposição da assembleia a sobra de R$ 3.348.160. Desse montante, 50% foi capitalizado e 50% destinado para reserva de expansão e modernização.

Projetos

Visando atender aos cooperados a Cooperbatata estuda montar um Transporte Revendedor Retalhista (TRT) de óleo diesel. Também foi inaugurada a nova estrutura da unidade armazenadora, sendo ampliada a sua capacidade em mais 300.000 sacas
Ainda está nos planos de 2018, um novo modelo de atendimento técnico/comercial junto ao produtor, a – inauguração da ampliação da unidade de armazenamento, além do TRT.

Lucas, Paulo, Beto e Regis durante a homenagem a Paulo, um dos mais antigos membros da Cooperbatata. Foto: Reportagem

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui