Larissa e Luiza se destacam no Nacional de Taekwondo

0
600
Larissa Pirola conquista o tetracampeonato brasileiro. Fotos: arquivo pessoal e CBTKD

O Campeonato Brasileiro de Menores de Taekwondo 2018 foi realizado entre os dias 8 e 10 de junho. O torneio, que é uma das maiores competições nacionais de Taekwondo, foi sediado em Cuiabá (MT), e teve disputas das categorias infantil, cadete, juvenil e sub-21. O evento reuniu cerca de 700 atletas, de 9 a 21 anos. A vargengrandense Larissa Pirola conquistou o tetra campeonato nacional em sua categoria. Luísa Gregório Ranzani ficou em quinto lugar em sua categoria.
A equipe Hwarang-do Taekwondo de Vargem Grande do Sul, sob a responsabilidade do mestre Carlos Xavier, foi representada pelas atletas Luísa que disputou pela categoria cadete (de 12 a 14 anos) até 44kg e Larissa na categoria sub 21 (18 a 21 anos) até 73kg, treinadas pelo professor Ricardo Ramos.
Segundo o mestre Carlos Xavier, a preparação das atletas começou no início do ano para a primeira e segunda fase do campeonato Paulista, com treinos de pelo menos três vezes na semana na Radical Sports Academia. Assim que houve a classificação das atletas para o campeonato Brasileiro, os treinos se intensificaram e aumentaram para cinco vezes na semana com acompanhamento nutricional. A seleção paulista teve direito a oito técnicos, impedindo que o mestre Carlos Xavier entrasse em quadra com as atletas. Os técnicos de Luísa no momento das lutas foram o mestre Sander Borba, de Marília, e a mestra Andressa Coelho, de Guarujá, que também foi técnica de Larissa, junto com o mestre Belmiro Giorndani, de Santos.

Luísa

Essa foi a primeira participação de Luísa Ranzani na categoria cadete até 44kg, que permite chute no rosto e tem maior tempo de luta. A jovem de 12 anos que é campeã paulista está no Taekwondo desde os três anos e meio e conquistou o 5º lugar na categoria disputada no campeonato, lutou contra a campeã paranaense e foi derrotada. “Apesar de estar em sua melhor forma, infelizmente ela não estava no seu melhor dia”, conta o mestre Carlos Xavier.
Para Luísa, estar em contato com colegas e atletas de outros estados foi muito importante. “Eu me senti honrada e valorizada como vargengrandense em representar o estado de São Paulo em um evento tão importante quanto esse, minha principal dificuldade foi disputar pela primeira vez uma nova categoria com atletas que já são mais experientes, além disso, lutar com uma lesão na cartilagem do dedo indicador foi desafiador”, conta a jovem Luísa.
O quinto lugar conquistado é visto como uma alavanca para que melhore cada vez mais. “Eu sinto que me empenhei ao máximo, treinando desde o início do ano, balanceando a dieta, e apesar de ter dado meu melhor, acredito que posso corrigir alguns erros e evoluir cada vez mais, o que eu já estou fazendo nos treinos”, relata a atleta de 12 anos.

Larissa

Larissa Pirola, de 18 anos, pratica Taekwondo desde os 8 anos de idade e foi pelo quarto ano consecutivo Campeã Brasileira, nesse ano pela categoria sub 21 até 73kg, lutando contra a atleta mineira Izabela Chaves e a atleta pernambucana Kleciene Ramos.
A jovem teve uma fratura exposta no dedo da mão esquerda enquanto lutava e foi a única atleta a lutar duas vezes. Com o título conquistado, Larissa ganha classificação direta para o Grand Slam no começo de 2019, Seletiva Oficial para a formação da Seleção Brasileira Principal do Taekwondo.
Com a recente cirurgia no joelho, as limitações ainda existem. “Minha preparação foi um pouco complicada, com a cirurgia eu tive que me adaptar em outra categoria, meu joelho ainda está um pouco limitado, mas avalio meu resultado como uma nova chance de fazer as coisas darem certo novamente”, contou Larissa. A jovem disse que fez dos desafios sua nova motivação. “Foi como dar a volta por cima, é muito difícil passar pela cirurgia que passei e ouvir comentários como ‘você nunca mais voltará a lutar’, e eu fiz disso a minha motivação para provar para mim mesma que eu posso alcançar meus objetivos e que isso só depende de mim, entre meus planos, está lutar o Argentina Open de Taekwondo 2018, em Buenos Aires”, alega a atleta.
Para o mestre Carlos Xavier, as participações de ambas atletas no Campeonato Brasileiro de Taekwondo 2018 serviram de aprendizado e chance para corrigir erros e melhorar a cada dia. “Sobre a atleta Luísa, apesar de termos ido em busca da medalha, esse 5º lugar conquistado serviu muito de aprendizado para que não cometemos mais os mesmos erros. Já sobre a atleta Larissa Pirola, embora eu não tenha ficado com ela no domingo, sua participação foi perfeita e ela venceu suas duas lutas”, disse o mestre das atletas. As principais competições que a equipe irá participar são os Jogos Regionais, nos dias 26 e 27 de julho e a Copa do Brasil 2018.
A equipe agradece a Prefeitura Municipal de Vargem Grande do Sul e o Departamento de Esportes, que incentivaram e colaboraram com a participação no evento, a seus patrocinadores e a todos que colaboraram com a rifa para custear gastos com passagens, inscrições e demais custos das atletas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui