Hoje, sede da música

0
582
Atualmente, o prédio abriga a Escola de Música Manoel Martins. Foto: Reportagem
Atualmente, o prédio abriga a Escola de Música Manoel Martins. Foto: Reportagem

Para a comemoração de 100 anos, o Departamento de Cultura está desenvolvendo diversas atividades desde julho. “A comemoração começou na Romaria, onde tivemos um carro de boi que homenageou a Sociedade Espanhola, tivemos a Terceira Idade do Grupo da Cultura, com trajes típicos, fizemos um banner, o carro estava todo enfeitado com cores e a bandeira da Espanha. Tivemos depois a comemoração na exibição de filmes clássicos na Cultura, Sangue e Areia, que também homenageou os espanhóis, sendo um filme clássico sobre tourada”.

A próxima comemoração acontecerá em 12 de outubro, dia em que o prédio localizado à rua Prudente de Moraes, completará 100 anos. ”Agora nós teremos lá na Sociedade Espanhola um evento contando a história, por exemplo, do Monsenhor Celestino, que é descendente de espanhóis, nós teremos até mesmo meninas descendentes que estarão homenageando seus antepassados, isso em uma festividade que acontecerá na Sociedade Espanhola no dia 12 de outubro”, informou Lucas.

Nos dias atuais, o prédio abriga a Escola de Música Manoel Martins. “Hoje, a importância do prédio é sediar a Escola de Música, o Projeto Guri que é um dos mais conceituados no circuito de São Carlos, se não o mais. São atendidos muitos alunos, inclusive crianças de baixa renda. É um projeto bonito esse que acontece no prédio da Sociedade Espanhola”, comentou Lucas. “Não estamos comemorando somente o grupo da Sociedade Espanhola, mas também seu prédio”, disse.

O Imóvel, que atualmente abriga a Escola de Música Manoel Martins, permaneceu durante muito tempo desativado. Em 2006, na gestão do ex-prefeito Celso Ribeiro, ele foi completamente reformado e estruturado para receber a escola.

Outro prédio que completou 100 anos em 2018 é o imóvel que atualmente abriga a Câmara Municipal. Construído para ser o prédio da subprefeitura em Vargem Grande do Sul, foi inaugurado no dia 29 de junho de 1918.  No livro de Dôra Avanzi e Zezé Miranda que conta a história dos presidentes da Câmara da cidade, consta que no final dos anos de 1910, a população já pedia a emancipação política do município, que era ligado à São João. Na gestão do subprefeito Belarmino Rodrigues Peres (1916-1921), o assunto foi tratado em uma representação, assinada pelos políticos locais e enviada ao Congresso Estadual. Capitão Belarmino se empenhou em várias obras, preparando a mudança de vila para município. Em 29 de junho de 1918, foi inaugurado o edifício da subprefeitura com grandes festejos que incluíram uma alvorada, passeata, bênçãos do padre Donizetti Tavares de Lima, sessão cívica e baile. A emancipação política de Vargem Grande do Sul foi concretizada no dia 24 de fevereiro de 1922.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui