Eleitores decidem presidente e governador neste domingo

0
631
Bolsonaro e Fernando Haddad disputam o segundo turno. Foto: Divulgação

O segundo turno das eleições para presidente da república e governador estadual acontecerá neste domingo, dia 28. Os portões dos colégios eleitorais ficarão abertos das 8h às 17h. O primeiro turno das eleições aconteceu no dia 7 de outubro, quando os eleitores escolheram deputado estadual, deputado federal, senadores e os candidatos ao governo e a presidência que iriam para segundo turno.

Em Vargem Grande do Sul os eleitores deverão escolher entre os candidatos a governador João Dória (PSDB), que no primeiro turno ficou em primeiro lugar no Estado com 31,77% dos votos, totalizando 6.431.555, e Márcio França (PSB), que obteve 21,53% dos votos no primeiro turno, um total de 4.358.998. Em Vargem, Dória somou 7.371 dos votos válidos (40,84%), seguido por Márcio França (PSB), com 4.250 (23,55%).

Já para o cargo de presidente, os eleitores deverão escolher entre o candidato Jair Bolsonaro (PSL), que liderou o primeiro turno da eleição com 46,03% dos votos, totalizando 49.276.897, e o candidato Fernando Haddad (PT), que obteve 29,28% dos votos, um total de 31.341.997. Em Vargem, Bolsonaro somou 12.435 votos (58,76%), enquanto Haddad teve 1.841 votos (8,57%).

Atenção

Para votar neste segundo turno, o eleitor deverá ter em mãos um documento com foto e o título de eleitor, podendo levar uma colinha com o número de seus candidatos. “Nesse segundo turno a votação será mais fácil e rápida, já que a votação é apenas para dois cargos, primeiro governador e depois presidente. Quem deixou de votar no primeiro turno, pode votar no segundo, desde que esteja com o título em situação regular, ou seja, ele não esteja cancelado e nem suspenso”, relembrou Silvio Luís D’amico, do Cartório Eleitoral.

No dia da eleição é proibida a divulgação de qualquer campanha eleitoral. “No domingo o eleitor não poderá divulgar, fazer propaganda e boca de urna, isso é crime. Não poderá ter aglomeração de pessoas pedindo voto e os eleitores só podem ser transportados com veículos oficiais, a serviço da Justiça Eleitoral. Então as pessoas devem ficar atentas, pois essas ações podem configurar crime eleitoral e se alguém estiver nessa situação, será detido e levado à delegacia”, alertou Silvio.

Urnas

Os municípios de Vargem Grande do Sul, São Sebastião da Grama e Divinolândia são responsabilidades do cartório eleitoral de Vargem e as urnas já estão preparadas. No dia 19, foi realizada a auditoria das urnas eletrônicas que serão utilizadas no segundo turno das eleições.

A demonstração aconteceu no Cartório Eleitoral de Vargem Grande do Sul e seu objetivo foi comprovar aos presentes a segurança das urnas. Para a realização da simulação, foi retirado o lacre da urna, que foi reconfigurada logo em seguida para ser ativada apenas no segundo turno das eleições, sendo lacrada novamente. Quem fez a demonstração de segurança foi Silvio Luís D’amico do Cartório Eleitoral. Acompanharam a auditoria a promotora Maria Carolina da Rocha Medrado Sofredi e a juíza Marina Silos de Araújo, além de dirigentes políticos da cidade.

Bolsonaro e Fernando Haddad disputam o segundo turno. Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui