Chevrolet S10 ganha equipamentos e sobe de preço

0
826
Chevrolet S10 ganha equipamentos e sobe de preço. Foto: carpress

Fonte: Estadão

A Chevrolet S10 LTZ 2.8 a diesel, com tração 4×4 e câmbio automático, subiu R$ 3.800. Com o aumento, agora ela passou a custar R$ 188.990. Essa foi a versão que mais subiu de preço, mas praticamente toda a linha passou por reajustes.

Na linha 2020, a picape média da Chevrolet ganhou equipamentos, mas está mais cara. Os preços agora partem de R$ 126.690, equivalente à versão LS a diesel 4×4 (apenas chassi). Esse modelo teve elevação de R$ 2.800. A única versão que não teve aumento foi a topo de linha, High Country 2.8 a diesel 4×4, que manteve os R$ 191.990.

As versões com cabine dupla receberam, como item de série, apoio de cabeça central no banco traseiro. Apenas o modelo mais caro tem seis air bags. Os demais vêm somente com a proteção dupla frontal, obrigatória.

Os modelos mais caros, como a LTZ e a High Country, vêm com controle de velocidade em declive e alertas de colisão frontal e de mudança involuntária de faixa.

A Chevrolet S10 é oferecida nas versões LS, Advantage, LT, Midnight, LTZ e High Country, com três opções de cabine (simples, dupla e chassis cab). Há duas opções de motorização (2.8 turbodiesel e 2.5 flexível), dois tipos de transmissão (manual e automática, ambas de 6 marchas) e dois de tração (4×2 e 4×4 com reduzida e seletor eletrônico). O motor 2.5 flexível é o mais potente da categoria, com 206 cv. O propulsor a diesel rende 200 cv.

Segundo a fabricante, o serviço de concièrge oferecido no OnStar agora permite enviar indicações de lugares e estabelecimentos (apenas para donos de smartphones Android) diretamente no Waze ou Google Maps, além de trazer a função de resposta automática em caso de acidente e geolocalização para administração de frotas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui