Revitalização da Praça da Matriz teve início nesta semana

0
1047
Praça Capitão João Pinto Fontão terá calçamento de pedra portuguesa recuperado, nova iluminação e nova jardinagem. Foto: Reportagem

A reforma e revitalização da Praça Capitão João Pinto Fontão, conhecida também como Praça da Matriz, começou na última semana. O projeto da abertura de crédito adicional para destinar recursos à obra foi aprovado na Câmara Municipal em janeiro deste ano.
Conforme informações do Departamento Municipal de Obras, o prazo para execução dos serviços é de cindo meses, contados da data do recebimento e assinatura pela contratada da Autorização para início dos serviços, assinada em 26 de março de 2020.
Segundo o informado, será realizada a revitalização da Praça Capitão João Pinto Fontão, com manutenção da parte elétrica e instalações de luminárias LED, restauração de alguns de alguns trechos danificados do mosaico português, substituição das guias dos canteiros danificadas por guias pré-fabricadas e paisagismo e o valor do investimento foi de cerca de R$ 260 mil, recurso proveniente da autorização do crédito e Recurso Estadual da Secretaria de Desenvolvimento Regional, que fora obtido em 2019 por uma emenda parlamentar do deputado estadual Barros Munhoz.
De acordo com o projeto de lei, serão instaladas 101 luminárias de LED, 200 metros quadrados de piso de pedra portuguesa e 1.086 metros de guia de jardim e paisagismo.
Segundo a prefeitura, a reforma tem como objetivo propiciar uma melhoria significativa na iluminação, na estrutura e no paisagismo do local, mudar o aspecto geral da praça e torná-la em um local mais adequado para recreação e lazer da população.
Em fevereiro de 2019, a Gazeta de Vargem Grande publicou uma reportagem pedindo atenção com o Largo da Matriz, que deveria ser um dos cartões postais de Vargem, uma vez que é sede dos principais eventos vargengrandenses, como por exemplo, a Programação Natalina, o Desfile da Cidade, a Festa das Nações, a Festa do Milho e a Romaria dos Cavaleiros de Sant’Ana.
Na ocasião, o jornal pontuou que o local, que deveria servir de ponto de lazer para as famílias e diversão na cidade, recebe queixas por maus cuidados e carece de um novo projeto de paisagismo.
A Praça foi criada em volta da Igreja Matriz de Sant’Ana e projetada para ser o ponto central de vargem Grande do Sul na época.
A primeira capela da cidade foi construída no local, no ano de fundação da cidade, em 1874.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui