Corte de árvores na praça Cap. João Pinto Fontão gera críticas

0
517
Projeto de revitalização da Praça

A Gazeta de Vargem Grande foi procurada recentemente por pessoas que criticaram o corte de algumas árvores na Praça Capitão João Pinto Fontão. Os moradores perguntaram o motivo da supressão dos espécimes e se outros serão plantados no lugar.
Segundo o informado à Gazeta pela prefeitura, a substituição de algumas árvores consta no projeto de revitalização da praça. A obra que começou neste mês está orçada em R$ 260 mil, recurso proveniente da autorização do crédito e Recurso Estadual da Secretaria de Desenvolvimento Regional, que fora obtido em 2019, por uma emenda parlamentar do deputado estadual Barros Munhoz (PSB).
Entre as intervenções previstas estão manutenção da parte elétrica e instalações de 101 luminárias de LED, restauração de 200 metros quadrados de piso de pedra portuguesa e 1.086 metros de guia de jardim. Além disso, será remodelado o paisagismo da praça.
Nesse último ponto, consta o corte de algumas árvores que não são adequadas para a praça. A diretora do Departamento de Meio Ambiente, Melissa Ranzani, explicou que as árvores grandes das laterais, conhecidas como Ficus, não são indicadas para o plantio onde estão, pois suas raízes estão estrangulando as adutoras do abastecimento de água e as tubulações da rede de esgoto que passam por ali.
Segundo Melissa, algumas das árvores da praça apresentam doenças e outras causam sombreamento excessivo, que vai aos poucos matando as espécies menores. De acordo com Melissa, cada árvore cortada ou transplantada teve justificação e a empresa contratada para a revitalização da praça irá repor no mínimo uma espécie para cada planta que foi removida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui