Painel

0
273

Zé Luís da Prefeitura
Atual presidente do Partido Cidadania, antigo PPS, o vereador José Luís dos Santos, o conhecido Zé Luís da Prefeitura, não irá mais ser candidato a reeleição. Zé Luís chegou a colocar seu nome à disposição do partido para ser o candidato a vice-prefeito de Amarildo, tentando reeditar a parceria PSDB-PPS, do pleito anterior, que elegeu o prefeito Amarildo (PSDB) e Rotta (PPS-Cidadania), seu vice.

Listagem
A Gazeta publica nesta edição uma reportagem com a relação dos pré-candidatos a vereador inscritas por cada partido da cidade. Todos terão que ser ainda aprovados pela Justiça Eleitoral, mas caso todas sejam homologadas, o eleitor vargengrandense terá mais de 130 opções para destinar seu voto.

Poder Legislativo
O sistema proporcional utilizado no Brasil para a eleição de membros do Poder Legislativo é baseado no princípio que o mandato pertence ao partido e não ao candidato que vai ocupar o cargo. Uma novidade nas eleições municipais de 15 de novembro é que pela primeira vez, candidatos ao cargo de vereador não poderão concorrer por meio de coligações.

Cálculo
De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), estarão eleitos os que tenham obtido votos em número igual ou superior a 10% do Quociente Eleitoral (QE), tantos quantos o respectivo Quociente Partidário (QP) indicar, na ordem da votação nominal que cada um tenha recebido.

Quociente Eleitoral
O QE é determinado pela divisão da quantidade de votos válidos apurados pelo número de vagas a preencher, desprezando-se a fração, se igual ou inferior a 0,5, ou arredondando-se para 1, se superior. A partir daí, analisa-se o QP, que é o resultado do número de votos válidos obtidos pelo partido dividido pelo QE. O saldo da conta corresponde ao número de cadeiras a serem ocupadas, que em Vargem Grande do Sul, são 13.

Audiência
A Prefeitura realizará no dia 28 de setembro, segunda-feira, das 9h30 às 10h, nas dependências da Câmara Municipal, a Audiência Pública relativa ao 2º Quadrimestre de 2020, e das 10h às 10h30, a apresentação da Lei Orçamentária Anual referente ao exercício de 2021.

Será que vão?
Para os pretendentes ao cargo de vereador, seria bom comparecerem na audiência para pela primeira vez colocar os pés no Legislativo, acredita-se que a maioria dos candidatos nunca adentrou no prédio da Câmara e também para tomar conhecimento do que é uma Lei Orçamentária e para que ela serve. Já seria um bom começo para os mais de cem candidatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui